Logo_neon-degrade
ABRA SUA CONTA

Como desenvolver a criatividade para inovar na vida financeira

Time Neon

Geralmente, queremos ser mais criativos para evoluir na carreira, colocar projetos pessoais em prática e mostrar nossos talentos, mas quase nunca pensamos em usar essa capacidade nas finanças. Você sabe como desenvolver a criatividade pode ser útil para melhorar sua vida financeira?

Saiba que é possível inovar sua relação com o dinheiro e adotar soluções criativas para alcançar objetivos financeiros.

Ficou interessado em entender como desenvolver a criatividade e cuidar melhor do bolso? É só ler até o final e aproveitar nossas dicas.

Como desenvolver a criatividade ajuda a cuidar do bolso

Aprender como desenvolver a criatividade não é útil apenas para avançar na carreira e projetos pessoais, mas também para melhorar sua vida financeira.

Afinal, é preciso ser criativo em vários momentos ao lidar com dinheiro, desde o controle de gastos até as escolhas de investimento.

Apesar da imagem “quadrada” que a área de finanças tem, dá para pensar em soluções diferentes para cuidar melhor do seu bolso e alcançar seus objetivos. Por exemplo, você pode ter ideias inovadoras para ganhar algum dinheiro extra ou desenvolver um método para guardar uma parte do seu salário todo mês.

Além disso, a criatividade cai bem na hora de fazer seu planejamento financeiro, definir prioridades e traçar suas metas de curto e longo prazo .E se você não se acha uma pessoa criativa, saiba que é possível desenvolver essa habilidade com alguns exercícios e técnicas simples.

Quando desenvolver a criatividade na vida financeira

Saber como desenvolver a criatividade é um diferencial e tanto para progredir na sua vida financeira.

Veja algumas situações em que essa habilidade ajuda muito:

Quando você tem que organizar o orçamento

Já falamos muito por aqui sobre a necessidade de organizar sua vida financeira e controlar seu orçamento. Mas registrar e acompanhar todos os ganhos e gastos não é uma tarefa fácil, e cada pessoa precisa encontrar o método que funciona melhor para a sua realidade.

Tem gente que se dá bem com uma planilha de gastos online, outros preferem um aplicativo integrado à conta corrente e os mais tradicionais ainda recorrem ao papel e caneta, planner ou “caderninho”.

Um exemplo de estratégia criativa para organizar as contas é método do pote, que consiste em dividir o dinheiro em pequenos potes para distribuir melhor suas prioridades no orçamento.

Quanto mais criativo você for, mais fácil será adaptar as técnicas e ferramentas existentes para colocar suas finanças em dia.

Quando você quer juntar dinheiro

Juntar dinheiro é um dos maiores desafios da vida financeira, e saber como aumentar sua criatividade pode ajudar nisso também.

Geralmente, as pessoas têm muita dificuldade em manter a disciplina para guardar uma quantia todo mês.

Para resolver isso, você pode usar a criatividade e criar lembretes para você mesmo no celular, programar uma aplicação automática, criar o hábito de poupar dinheiro assim que receber seu salário, entre outras táticas.

Novamente, vale o que funcionar melhor para você, e é preciso exercitar as ideias para chegar à solução ideal.

Quando você precisa de renda extra

Depois de entender como ser criativo, fica muito mais fácil pensar em alternativas para ganhar uma renda extra naqueles momentos de aperto, ou simplesmente quando você quer comprar algo fora do orçamento.

As possibilidades são inúmeras, por exemplo:

  • Trabalhar como freelancer pela internet;
  • Ganhar dinheiro compartilhando bens e serviços com aplicativos de economia colaborativa (Ex: Airbnb, Uber, DogHero);
  • Vender marmitas para nichos de mercado como vegetarianos ou público fitness;
  • Prestar serviços como personal shopper, personal chef ou personal organizer;
  • Vender artesanato e produtos personalizados online;
  • Abrir um e-commerce de produtos naturais;
  • Vender o que não usa mais em brechós e grupos online;
  • Criar e vender infoprodutos (cursos, ebooks, webinars etc.) ou trabalhar com marketing de afiliados;
  • Monetizar conteúdo no Youtube ou Facebook.

Nessa hora, uma ideia criativa pode incrementar seu orçamento e aproximar você dos seus objetivos financeiros.

Quando você precisa reduzir custos na empresa

Se você é empreendedor, também pode se beneficiar da criatividade para melhorar as finanças do negócio.

Na hora de reduzir custos na empresa, por exemplo, são vários os caminhos para cortar gastos sem afetar a qualidade dos seus produtos e serviços, por exemplo:

  • Renegociar preços com fornecedores e parceiros;
  • Investir em um processo de cobrança mais efetivo para reduzir a inadimplência dos clientes;
  • Terceirizar atividades ou mesmo departamentos inteiros da empresa para ter mais eficiência e menos custos;
  • Adotar a metodologia ágil para reduzir a burocracia e o custo administrativo;
  • Otimizar seu pagamento de impostos com um processo de planejamento tributário;
  • Mapear custos desnecessários nos relatórios de contabilidade;
  • Adotar uma conta digital como a Neon Pejota para se livrar das taxas bancárias e da anuidade e agilizar sua gestão financeira.

E a lista continua: só depende da sua criatividade e vontade de fazer mais com menos.

Como desenvolver a criatividade e melhorar as finanças com 5 dicas

Chegou o momento de partir para a prática e entender como desenvolver a criatividade com alguns exercícios e técnicas.

Confira alguns caminhos para se tornar mais criativo e cuidar bem do seu dinheiro.

1. Tenha momentos de divagação

Divagar significa deixar sua mente vagar por aí e ter ideias à vontade, sem uma orientação ou pensamento específico.

De acordo com uma pesquisa realizada na Universidade de Iorque, deixar seus pensamentos fluírem livremente é essencial para desenvolver a criatividade.

Os pesquisadores explicam que dedicar um tempo ao ócio criativo é tão importante quanto trabalhar focado nas suas ideias, porque o cérebro precisa dessa liberdade para fazer novas associações e sair do lugar comum.

Então, reserve pelo menos algumas horas na semana para libertar seus pensamentos e veja como sua criatividade aumenta.

2. Aumente seu repertório

Criatividade nada mais é do que a capacidade de inovar e gerar novas ideias a partir de conexões do seu repertório pessoal.

Por isso, você precisa alimentar sua mente com novos conteúdos a todo momento e ampliar essa biblioteca interna.

Algumas maneiras de fazer isso são ler livros, assistir a filmes, conhecer novos lugares e pessoas, aprender algum tipo de arte, e qualquer atividade que aumente seu conhecimento e experiência.

Dessa forma, você enriquece a base necessária para ter novas ideias e consegue chegar muito mais longe nos seus pensamentos.

3. Saia da rotina

A rotina é a maior inimiga da criatividade e você precisa sair dessa zona de conforto se quiser pensar fora da caixa.

A solução mais usada nesse caso é tirar alguns dias para viajar e conhecer lugares diferentes, mas não é a única opção para estimular sua mente com novas ideias e realidades.

Ler um livro ou assistir a um filme totalmente diferente do que você está acostumado tem efeito parecido, por exemplo. E pode ser ainda mais simples: experimente adotar um novo hábito como almoçar em um horário diferente, acordar mais cedo ou praticar um novo exercício físico.

Tudo isso vai ajudar a refrescar sua mente e ativar sua capacidade criativa para pensar melhor nas finanças.

4. Use o método S.C.A.M.P.E.R

O método S.C.A.M.P.E.R foi criado pelo administrador americano Bob Eberle para ajudar a guiar as famosas sessões de brainstorming (tempestade de ideias) nas empresas.

No caso, o nome do método é um acrônimo que já explica do que se trata:

  • Substituir: o que aconteceria se eu substituísse o item X pelo item Y?
  • Combinar: qual seria o resultado da combinação entre a ideia X e a ideia Y?
  • Adaptar: o que posso fazer para adaptar esse projeto a outras situações?
  • Modificar: o que posso modificar para que essa ideia tenha mais valor?
  • Procurar usos diferentes: quais utilidades novas posso dar a essa ideia?
  • Eliminar: como posso simplificar essa ideia?
  • Reorganizar: como posso reorganizar essa ideia ou projeto para ser mais eficiente?

Esses passos ajudam você a analisar e combinar diferentes ideias, seja em uma reunião da empresa ou sozinho pensando na sua vida financeira.

Por exemplo, se você está pensando em abrir um pequeno negócio, pode usar o S.C.A.M.P.E.R para refinar a ideia, equilibrar melhor o investimento inicial com o retorno esperado e adaptar o modelo de negócio à sua realidade financeira.

5. Compartilhe suas ideias

Por fim, é mais fácil aprender como desenvolver a criatividade quando você compartilha suas ideias com outras pessoas.

Conversando, nós conseguimos expressar e organizar melhor nossos pensamentos, além de ter contato com outras visões de mundo e opiniões que enriquecem a ideia.

Inclusive, já faz tempo que precisamos falar mais sobre finanças e vencer esse tabu que dificulta as conversas sobre dinheiro no dia a dia, para o bem da nossa educação financeira.

Já imaginou como seria bom compartilhar seus planos e hábitos financeiros com amigos e familiares, pedir opiniões e expandir suas ideias? Então, aproveite o exercício para descobrir novas formas criativas de lidar com o dinheiro e alcançar suas metas.

Gostou das dicas de como desenvolver sua criatividade para melhorar as finanças?

Aproveite e deixe seu comentário contando qual vai aplicar a partir de hoje.

Leia mais:

+ Desafio 52 semanas: tabela e planilha para juntar dinheiro

+ Planejamento de metas: realizando planos de curto, médio e longo prazo

+ Como fazer mapa mental para organizar suas tarefas e ideias

Comentários