Logo_neon-degrade
ABRA SUA CONTA

Clube das 5 da manhã: por que vale a pena acordar cedo

Time Neon

O Clube das 5 da manhã é para quem não ignora o despertador e quer começar a produzir antes de todo mundo – e, por isso, quanto mais cedo, melhor.

Trata-se de um método de desenvolvimento humano que se tornou um movimento global pela produtividade, conquistando cada vez mais adeptos (incluindo alguns dos maiores bilionários do planeta).

Para ingressar nesse clube, você terá que acordar antes do sol nascer e começar o dia a todo vapor: com exercícios, meditação e aprendizado.

O que você está esperando para retomar o poder sobre o seu dinheiro? Comece já a fazer o Desafio das 52 Semanas! É de graça :piscando_olho:

COMEÇAR DESAFIO DAS 52 SEMANAS

Será que você tem a disciplina e foco necessários para se juntar ao Clube das 5 da manhã?

Siga a leitura e descubra se esse método é para você.

O que é o Clube das 5 da manhã?

Clube das 5 da manhã, do inglês 5 AM Club, é um método de desenvolvimento pessoal e profissional que propõe uma rotina matinal revolucionária.

A ideia é simples: acordar às 5 horas da manhã todos os dias pode aumentar sua produtividade, ativar hábitos saudáveis e criar vantagem competitiva em relação aos outros.

O criador do conceito foi o coach Robin Sharma, considerado um dos gurus de liderança e alta performance mais influentes do mundo e autor do best-seller O Monge que vendeu sua Ferrari (Editora Schwarcz, 2011).

Em seu livro O Clube das 5 da Manhã (Editora Best Seller, 2019), ele compartilha a rotina de seus clientes mais bem-sucedidos (bilionários, celebridades e CEOs) e mostra por que acordar cedo é o segredo para produzir mais e melhor.

A obra foi publicada originalmente em 2018 e traz algumas informações essenciais para entender e adotar o método:

  • Histórias de grandes gênios e líderes de negócios que acordam antes do sol nascer para atingir suas metas de produtividade (incluindo Jeff Bezos da Amazon, Tim Cook da Apple e Jack Dorsey do Twitter);
  • Técnicas para acordar inspirado, focado e cheio de energia para aproveitar ao máximo cada minuto;
  • Um passo a passo para usar as primeiras horas silenciosas da manhã para se exercitar, se organizar e aprender algo novo;
  • Práticas comprovadas pela neurociência que ajudam a começar o dia com a mente tranquila, ao invés de entrar no ritmo caótico do trabalho;
  • Táticas para afastar as distrações digitais e diversões triviais, priorizando as tarefas significativas para alcançar seus objetivos.

O autor já vendeu mais de 15 milhões de livros ao redor do mundo, e esse está seguindo o mesmo caminho para se tornar um best-seller.

Mas vale lembrar que o autor Hal Elrod foi o primeiro a introduzir o conceito das manhãs produtivas em seu livro O milagre da manhã (Editora Best Seller, 2016), que defende o despertar antes das 8 da manhã para garantir o sucesso pessoal e profissional.

Como funciona o Clube das 5 da manhã

Para entrar para o Clube das 5 da manhã, não basta acordar antes de todo mundo: é preciso fazer seu dia render desde os primeiros minutos.

Afinal, de nada adianta acordar muito cedo e desperdiçar as horas extras com distrações e tarefas triviais.

Por isso, Robin Sharma recomenda que os adeptos da prática comecem seu dia com a chamada “fórmula 20/20/20”:

  • 20 minutos de exercícios físicos: os primeiros minutos são dedicados a exercícios físicos para elevar a dopamina e acelerar os batimentos cardíacos, deixando o corpo alerta e preparado para produzir;
  • 20 minutos de meditação e planejamento: os próximos minutos devem ser reservados para a reflexão, planejamento e contemplação, com o objetivo de limpar a mente e aproveitar o silêncio para organizar as metas;
  • 20 minutos de crescimento: os minutos finais são dedicados a aprender algo novo, no chamado “momento de crescimento”, usado para ler livros, ouvir podcasts, assistir a vídeos ou qualquer outra forma de aprendizagem e desenvolvimento.

 

Essa primeira hora é chamada de “hora da vitória”, pois é a sequência que faz a diferença na sua produtividade e reprograma seu cérebro para aumentar sua performance.

Ao cumprir essa hora, você já terá preparado seu corpo, aliviado sua mente e evoluído como ser humano antes de todos acordarem - e é isso que chamamos de vantagem competitiva.

Além disso, você terá os seguintes benefícios com a prática:

  • Mais produtividade e menor risco de procrastinar;
  • Mais disposição física e mental;
  • Mais proatividade, persistência e consciência;
  • Menor risco de depressão e ansiedade;
  • Mais saúde, energia e vitalidade;
  • Mais foco e menos distrações.

Mas, para seguir essa rotina, é preciso respeitar rigorosamente uma regra: nada de dispositivos eletrônicos até as 6 da manhã.

Isso significa não chegar perto de celulares, notebooks e qualquer sinal de notificação nas primeiras horas da manhã - afinal, ninguém vai precisar de você tão cedo.

Para isso, o autor dá uma dica importantíssima: não use o seu celular como despertador.

Se você acordar com o alarme do dispositivo, é muito provável que vá automaticamente para as notificações.

Por isso, o melhor a fazer é comprar um despertador à moda antiga, especificamente para o Clube das 5 da manhã.

Além disso, acordar às 5 da manhã não pode ser sinônimo de dormir pouco, pois você continua precisando de, no mínimo, 7 horas de sono por noite.

Como entrar para o Clube das 5 da manhã em 5 passos

Se você está disposto a entrar para o Clube das 5 da manhã, vá com calma para não desistir no meio do caminho.

Acompanhe nosso passo a passo para ter sucesso na missão.

1. Considere seus hábitos de sono e produtividade

Antes de se tornar membro do Clube das 5 da manhã, você precisa analisar seus hábitos de sono e verificar como seu corpo e mente funcionam pela manhã.

Se você não for uma pessoa matutina, não adianta lutar contra o relógio biológico, pois dificilmente você conseguirá se adaptar a essa rotina.

2. Mude sua rotina aos poucos

Se você tem energia e disposição acordando bem cedo, o próximo passo para aderir ao método é mudar sua rotina aos poucos.

Para isso, vá programando seu despertador para acordar um pouco mais cedo a cada dia, e não diretamente para as 5 da manhã.

Além disso, é fundamental que você ajuste sua agenda e reorganize os horários de alimentação, trabalho, descanso, estudos, etc.

3. Garanta suas 7 horas de sono

Os membros do Clube das 5 da manhã precisam dormir no mínimo 7 horas por noite como qualquer adulto — há quem diga para se contentar com menos do que isso, mas não é recomendável.

Então, se você está disposto a adotar essa rotina, vai precisar se programar para estar na cama entre 22h30 e 23h.

Sem o tempo de sono necessário, o segredo da produtividade pode ter um efeito oposto: deixar você cansado, com a imunidade baixa e com as funções cognitivas comprometidas.

4. Não se prenda ao horário fixo

Não há nenhuma evidência de que seja necessário acordar, especificamente, às 5 da manhã para ter uma manhã produtiva.

Então, se você conseguir desenvolver os mesmos hábitos acordando, por exemplo, às 6 ou 7 da manhã, o método não ficará comprometido.

O importante é se programar para não ter nenhuma interrupção na sua hora da vitória, seguindo todos os passos indicados.

5. Procure incentivo e inspiração

A melhor forma de adquirir a disciplina e motivação necessárias é compartilhar experiências com outros adeptos do Clube das 5 da manhã.

Por isso, se você quer levar o método a sério, vale a pena conversar com outras pessoas que praticam a algum tempo e acompanhar conteúdos motivacionais.

Você pode, por exemplo, procurar canais, blogs ou mesmo montar seu próprio grupo de WhatsApp só com membros do clube.

E aí, se animou para aderir ao Clube das 5 da manhã?

Então, deixe seu comentário contando como vai aplicar o método e compartilhe nas suas redes sociais.

Comentários