Logo_neon-degrade
ABRA SUA CONTA

Veja como bancos digitais são tão seguros (ou mais) que os tradicionais

Julio Dario

Na hora que você pensa em guardar sua grana em um banco, um dos principais motivos para essa escolha é a segurança, certo? Além da gente já ouvir há um tempo que dinheiro embaixo de colchão não rende nada, tá todo mundo cansado de saber que deixar todas as suas economias em casa representa um grande risco.

Foi pensando em aumentar a segurança para o dinheiro que surgiram os bancos e seus memoráveis cofres. Durante anos, nada foi mais seguro do que os bancos tradicionais. Quase ninguém dispunha de seguranças armados e cofres com fechaduras eletrônicas para garantir que o dinheiro não fosse alvo de bandidos.

O tempo passou e surgiram novidades para facilitar a vida dos clientes. O internet banking se tornou bastante popular e essa popularidade também fez crescer os olhos dos criminosos. Surgiram, então, os cibercrimes e as fraudes, uma nova forma de “assaltar o banco” sem precisar de armas, máscaras e tiroteios de cinema.

Essa nova modalidade de crime fez com que viesse à tona a discussão sobre a real segurança dos bancos, tanto os digitais quanto os tradicionais. Mesmo com todos os investimentos em segurança física e digital, será que os bancos tradicionais são realmente mais seguros que um banco digital?

É isso que vamos discutir a seguir. Descubra nas próximas linhas por que a segurança nos bancos digitais pode ser até maior do que nos bancos tradicionais!

Segurança nos bancos digitais: seu celular é mais seguro que seu laptop

O internet banking e suas formas de segurança são as mesmas para PCs e laptops, o que significa que ele não usufrui de algumas ferramentas importantes que só os tablets e smartphones oferecem. Vamos por partes.

Primeiro, é importante saber que os celulares mais atuais, em sua grande maioria, têm em seu hardware uma forte criptografia que não está presente nos computadores. Junto com isso, é importante mencionar que os celulares possuem modos de checagem de segurança que os computadores não apresentam. 

Quer alguns exemplos? 

A checagem via impressão digital (que é usada inclusive para desbloqueio do aparelho, o que aumenta ainda mais a segurança) e a autenticação por selfie são bons exemplos de recursos exclusivos dos smartphones e aplicativos de bancos digitais para verificar se quem está acessando é realmente o titular da conta.

Os criminosos ainda são “tradicionais” como os bancos

Já falamos que os smartphones são mais seguros que os PCs, e isso traz muita segurança para os bancos digitais, já que sua mentalidade mobile first (primeiro para o celular) faz com que seu desenvolvimento seja focado nos dispositivos móveis. E isso inclui seus protocolos de segurança, ao contrário do que acontece com o internet banking.

Podemos juntar aqui um fato importante: os criminosos aproveitam que os ataques via computador são mais eficientes e, por isso, continuam focados nos bancos tradicionais e seus sistemas online. Uma pesquisa desenvolvida pela FraudAction no Reino Unido apontou que os bancos tradicionais sofreram o dobro de fraudes do que os bancos digitais.

A facilidade para fazer o famoso phishing (que são aqueles e-mails fakes enviados para um monte de gente só para tentar roubar os dados de acesso) é muito maior no internet banking. Isso estimula os criminosos a seguir a tendência de “time que ganha não se mexe”, e impulsiona as ações criminosas para cima dos bancos tradicionais.

Bancos digitais investem pesado em segurança

A proposta do banco digital é bastante prática e ousada e, além disso, existe a concorrência com marcas grandes e tradicionais presentes no mundo há muito tempo. Como concorrer com um produto novo e que, ainda por cima, envolve dinheiro dos outros? A resposta é uma só: garantindo segurança e fazendo com que ela realmente aconteça.

Não estamos falando que os bancos tradicionais não dão seus pulos para garantir a proteção dos clientes, mas para os bancos digitais a segurança é um diferencial competitivo, e isso faz com que eles sejam muito mais preocupados com esses detalhes.

Dentro das fintechs e bancos digitais têm uma galera que fica o dia todo pensando em como melhorar a sua segurança, eles inclusive brincam bastante de polícia e ladrão fazendo testes de intrusão para detectar as brechas de segurança. Pode apostar, proteção não é brincadeira pra quem opera um banco digital.

Segurança também é reponsa do usuário

Apesar de todas as camadas e métodos utilizados pelos bancos (digitais e tradicionais) para garantir a segurança do seu rico dinheirinho, nada é 100% seguro. Portanto, você também desempenha um papel importante nesse processo. Os bandidos acreditam que você é a ponta fraca e, justamente por isso, focam em você a maioria dos seus esforços.

Confira abaixo 3 dicas fundamentais para que você também garanta a segurança da sua grana.

- Não utilize senhas fáceis

Hoje em dia é muito fácil qualquer pessoa ter acesso às mais diversas informações sobre qualquer pessoa no mundo. Alguns poucos cliques e voilà! Data de aniversário, casamento, CEP, data de compra da Iguana de estimação... por isso, utilize da criatividade para algo totalmente novo.

- Não utilize uma senha única

Muitas pessoas têm o hábito que utilizar uma única senha em tudo o que é possível. A senha do banco é a mesma do e-mail, do seguro de saúde, do instagram, facebook, PSN, do clube de fidelidade dos amantes de pastel, etc. São poucas as empresas que possuem o mesmo nível de segurança dos bancos, então bastaria eles roubarem a sua senha de algum desses serviços para que tenham acesso, automaticamente, à senha do seu banco. A partir disso, bastaria que fossem utilizando essa senha em vários lugares até ela funcionar. Não utilize a mesma senha do banco em nenhum outro lugar.

- Na dúvida, use a senha errada

Muitos golpistas online fazem cópias dos sites praticamente iguais aos dos bancos para que você seja enganado a colocar a sua senha e assim roubá-la. Se você tiver o mínimo que for de suspeita, coloque uma senha errada. Se a navegação não parar e nem você for avisado para inserir novamente a senha novamente por ela estar errada, você está no lugar errado. Fuja!

Tá vendo como um banco digital pode ser mais seguro que um banco tradicional? Nem sempre aquilo que a gente conhece há muito tempo é o que tem de melhor. Por isso tem tanta gente dando uma oportunidade para os bancos digitais mudarem completamente o jeito de cuidar da grana que a gente tanto luta para conquistar!

Pode ter certeza de uma coisa, aqui na Neon a gente não vacila com o seu dinheiro. Sempre estamos em busca das melhores soluções para que você fique bem tranquilo, real oficial!

Clique e baixe o ebook

 

Comentários