Logo_neon-degrade
ABRA SUA CONTA

Desafio das 52 Semanas: comece a poupar dinheiro hoje mesmo

Isabella Paschuini

Você sabia que 89% dos brasileiros não poupam dinheiro para o futuro? Ops, você é um deles? Então é melhor continuar a leitura. O que tá faltando é um empurrãozinho para mudar essa realidade e nós podemos ajudar.

O Desafio das 52 Semanas é um compromisso, que se assume com você mesmo, de construir o hábito de poupar dinheiro. Ao longo de 52 semanas (ou seja, um ano), você guarda um pouco de dinheiro toda semana. Dá pra começar com tão pouco, como R$ 1. O importante é começar!

Ficou interessado?
Baixe as tabelas para participar do desafio

Com o passar das semanas, poupar se torna um hábito corriqueiro, tão normal quanto escovar os dentes. Você vai ver tudo que é capaz de conquistar e se perguntar: por que raios não comecei antes?

Antes de continuar a leitura, aproveite para participar do grupo do Facebook Desafio Neon: 52 Semanas onde iremos reunir os participantes, trazer dicas e lembretes semanais pra garantir que você consiga poupar todas as semanas!

O problema: você precisa poupar dinheiro, é sério

Antes de saber como funciona o desafio, é importante saber que a culpa não é exclusivamente sua se você nunca teve o hábito de poupar dinheiro. Temos um problema cultural que explica o porquê de ser tão difícil poupar, e ele remonta à história da política econômica do nosso país.

Mesmo que não entenda nada de economia (saiba que isso não é um requisito para cuidar bem do seu dinheiro), você deve perceber que os preços das coisas que compramos sempre aumentam, certo?

Você lembra quanto custava uma passagem de ônibus há 10 ou 15 anos? Menos da metade do valor que custa hoje. Vivemos em um país inflacionário, onde os preços estão sempre subindo!

Puxando assunto no almoço de domingo

No próximo almoço de domingo, pergunte aos seus pais como eles viveram o final dos anos 1980 e o começo dos anos 1990, com a hiperinflação e o confisco da poupança. Vai ser mais legal ouvi-los contar com riqueza de detalhes, mas vamos dar um spoiler...

Seus pais recebiam o salário e corriam para o supermercado no mesmo dia, pra abastecer a despensa para o mês inteiro. Se eles esperassem pelo dia seguinte, o dinheiro já estaria valendo menos. Isso significa que o mesmo dinheiro pagaria um número menor de produtos. Ou seja: não valia a pena guardar dinheiro por um dia que fosse!

O confisco dos depósitos em caderneta de poupança serviu pra reforçar essa ideia de que é melhor transformar o dinheiro em algum bem ou produto do que deixar ele guardado. Por isso é tão comum os mais velhos preferirem comprar imóveis como forma de investimento.

Hoje as coisas mudaram bastante:

  • A inflação está controlada, o sistema financeiro é seguro e ficou claro que o confisco da poupança foi um episódio isolado na história econômica do país.

  • Aliás, tá mais fácil do que nunca acessar outros tipos de investimentos que inclusive rendem mais que a poupança, como o CDB de liquidez diária.

  • Você não precisa ter muito dinheiro pra começar a investir. Aqui na Neon, pode começar com R$ 10. Essa coisa de que só investe quem é rico não passa de um mito que, ao contrário do hábito de poupar, precisamos desconstruir.

  • A população está envelhecendo, a aposentadoria paga pelo governo está pesando nos cofres públicos e nossos representantes no Congresso estão discutindo a reforma da previdência. Ou seja: não conte com a aposentadoria pública.

O futuro que você quer só depende de você

O resultado disso tudo é que você precisa começar a se preocupar com o seu futuro e garantir que ele seja como você sonha.

Pense em tudo que quer conquistar na vida, e lembre que isso depende de você conseguir se programar financeiramente.

Pra ter a vida que você imagina nos seus melhores sonhos e garantir um futuro tranquilo, você precisa construir o hábito de poupar hoje mesmo. O quanto antes começar, melhor. Depende de você, mas nós da Neon estamos aqui para dar uma força com isso!

A solução: construir o hábito de poupar dinheiro

Por que poupar dinheiro é tão difícil?

Pelo mesmo motivo que fazer dieta e praticar exercícios físicos também parecem tarefas impossíveis! Temos que abrir mão de um prazer imediato, como comprar algo que gostamos ou deixar de comer algo apetitoso, pensando em um benefício que só será percebido no futuro.

Parece tentador voltar a dormir na cama quentinha em vez de levantar e ir para a academia? Não pra quem já encaixou a prática de atividade física na rotina. Essas pessoas conseguiram construir um hábito positivo que faz bem para a vida delas, e até sentem falta quando, por algum motivo, não podem se exercitar.

O segredo do sucesso é a construção do hábito. Isso também vale pra poupar dinheiro!

Se você ficou interessado em entender a mecânica dos hábitos na sua vida, e como usar isso para virar a chavinha, recomendamos a leitura do livro “O Poder do Hábito”, de Charles Duhigg. Aliás, ler livros também é um hábito saudável que você pode construir. Fica a dica!

Empolgado pra virar a chave e começar a poupar? Então vamos para a parte prática!

Como funciona o Desafio das 52 Semanas

Como surgiu o Desafio das 52 Semanas?

Ao que tudo indica, a ideia de se comprometer a poupar dinheiro toda semana apareceu pela primeira vez em 2013, quando uma norte-americana chamada Kassondra Perry-Moreland acordou no primeiro dia do ano e decidiu que ela começaria finalmente a poupar para construir esse hábito e conquistar o que desejava.

Kassondra compartilhou a ideia no Facebook para tornar público seu comprometimento e milhares de pessoas decidiram aderir. A partir daí, surgiram novas versões do desafio e ele viralizou pelo mundo, conquistando novos adeptos todos os anos.

A regra original

Em seu formato original, a proposta do desafio é poupar o valor equivalente ao número da semana.

Assim, na semana 1 você pouparia R$ 1; na semana 2, R$ 2; e assim por diante até chegar a R$ 52 na última semana do ano. Ao final do ano, você teria acumulado o equivalente a R$ 1.378 (considerando que o dinheiro não será aplicado em nenhum investimento).

O começo é fácil! Depois vai ficando mais desafiador, já que o valor que você deve poupar vai aumentando progressivamente com o passar das semanas. A ideia é que, quando o período mais difícil chegar, poupar já terá se transformado em um hábito do seu dia a dia, então não seria tão difícil assim!

Adaptando a participação no desafio às suas possibilidades

Você pode seguir o formato original se quiser, mas não precisa se prender a ele.

O importante é definir um formato que funcione para você e, se precisar, pode ir ajustando no meio do caminho.

Por exemplo, se você tem muita dificuldade pra juntar dinheiro ou até mesmo está endividado, que tal começar poupando apenas R$ 5 por semana, durante o ano todo?

Lembre-se: o objetivo não é ficar rico no final do ano, é construir um hábito saudável pra toda a vida!

Outro ponto importante é que você não precisa necessariamente começar na primeira semana de janeiro! Dá pra começar hoje mesmo, assim que terminar de ler este texto, que já está no penúltimo parágrafo.

Se você se interessou pela ideia de assumir esse compromisso, deixe seu comentário abaixo. Vamos entrar em contato e te convidar pra se juntar a nós e a outras pessoas interessadas no Desafio das 52 Semanas. Juntos somos mais fortes!

Referências:

Comentários