Logo_neon-degrade
ABRA SUA CONTA

O que é CDI, como funciona e qual a sua importância nas finanças?

Time Neon

Você finalmente decidiu investir, fazer seu dinheiro render, estudar e entender tudo o que é preciso, até que surge uma sigla na sua frente e você se pergunta: “O que é CDI?”

Como o CDI e o CDB estão diretamente relacionados, é normal confundir os termos diante dessa sopa de letrinhas, mas ambos são coisas diferentes e aqui vamos te explicar por quê.

De qualquer forma, a taxa DI (como também é chamado o CDI) é um dos indicadores mais usados no mercado financeiro brasileiro. Mesmo assim, poucas pessoas sabem o que é, como funciona e qual a sua importância, tanto no mercado de investimentos quanto na economia.

Por isso, aqui vamos mostrar:

 

Quer saber mais e entender tudo sobre o assunto?

Continue lendo!

O que é CDI?

CDI é a sigla para Certificado de Depósito Interbancário. Ele é usado para que bancos e instituições financeiras possam fazer empréstimos entre si a curto prazo (um dia) e, assim, fechem o dia com saldo positivo em caixa.

Isso acontece porque existe uma norma do Banco Central que estabelece que os bancos devem finalizar o expediente sem estar no negativo.

Tal procedimento é feito para garantir que todo banco sempre vai ter dinheiro para saldar seus compromissos, sendo também uma forma de proteger os correntistas.

Mas como um banco fica no negativo? Por exemplo, pode ser que em um determinado dia a instituição tenha um número de saques maior que o valor de depósitos, o que resulta nessa situação.

Então, entra em cena o Depósito Interbancário: uma instituição que tem dinheiro sobrando pode financiar outras que estão precisando, assim todo mundo fecha o dia no positivo!

Esse dinheiro que vai todo dia de um banco para outro para fechar as contas é emprestado via CDI. Ou seja, o Certificado de Depósito Interbancário é o nome do papel ou título que formaliza a movimentação do dinheiro entre instituições financeiras.

Qual a relação do CDI com os investimentos?

A taxa média dos CDIs é usada como referência para o mercado financeiro como um todo, pois isso os empréstimos entre as instituições afetam diretamente alguns tipos de investimentos.

Por exemplo, a rentabilidade de grande parte dos investimentos em renda fixa é atrelada a um percentual da taxa DI — lembrando que taxa DI é o nome oficial desse indicador financeiro, mas o mais comum é todo mundo falar CDI.

No caso da Neon, os investimentos que você pode fazer direto pelo app são os CDBs do nosso parceiro, o Banco Votorantim.

Eles rendem de 95% a 101% do CDI, o que é mais do que a poupança, que atualmente rende cerca de 70% do CDI.

Veja aqui como funciona o investimento Neon em CDB e como investir.

Quanto rende o CDI?

Quando você investe com base na taxa DI, você não sabe exatamente quanto seu dinheiro terá rendido no momento futuro em que for resgatar. Isso porque a taxa varia ao longo do tempo, já que ela é a média das taxas praticadas entre os depósitos interbancários.

Ainda assim, é possível ter uma ideia de qual é o valor do CDI. Em 2005, por exemplo, um rendimento de 100% do CDI significava 20% ao ano sobre o valor aplicado. Entre 2015 e 2016, os mesmos 100% do CDI rendiam 14,15% ao ano.

Se você investir hoje, em 2021, sua rentabilidade vai depender da taxa que será aplicada no futuro, durante todo o período enquanto seu dinheiro estiver depositado no investimento.

Caso você queira fazer uma simulação dos seus investimentos com base na taxa DI de hoje, a conta é simples: multiplique o percentual do CDI do seu investimento pela taxa DI atual e você vai descobrir o rendimento da sua aplicação.

Além disso, a flutuação do CDI está diretamente atrelada à oscilação da taxa básica de juros da economia, a taxa Selic.

Complicou? Vamos com exemplos para você entender como calcular o CDI.

Supondo que o CDI esteja em 7% ao ano:

  • Um CDB que rende 100% do CDI tem como rentabilidade a mesma porcentagem da taxa DI. Se o CDI indicar 7%, esse CDB também renderá 7% no período
  • Um CDB que promete 90% do CDI: 7 x 0,90 = 6,3%
  • Um CDB que rende 110% do CDI: 7 x 1,10 = 7,70%

 

Dica: para fazer cálculos com percentuais, o mais simples é usar o equivalente decimal. Para chegar ao equivalente decimal de um número, basta dividi-lo por 100. Por exemplo, 90 dividido por 100 dá 0,9.

Onde consultar o valor do CDI hoje?

Uma fonte oficial e confiável onde você pode encontrar o valor do CDI sempre atualizado é no site da B3, a Bolsa de Valores brasileira. Alguns indicadores financeiros ficam em destaque logo na primeira página, inclusive a taxa DI.

Onde consultar o valor do CDI hoje

Além disso, no site da B3 também é possível consultar a série histórica do DI e entender a metodologia de cálculo.

Qual a diferença entre o CDI e o CDB?

Enquanto o CDI é um índice de referência, o CDB é um tipo de investimento que pode ter sua rentabilidade atrelada à taxa CDI.

CDB é a sigla para Certificado de Depósito Bancário, um título emitido pelos bancos e instituições financeiras para captar dinheiro junto aos clientes.

Quando você compra um CDB, empresta dinheiro para o banco e, em troca, ele devolve o valor com juros quando o título vencer. Em vez de pagar juros, você passa a lucrar com eles!

A porcentagem de CDI pode variar de banco para banco, mas vale uma dica: instituições menores tendem a oferecer CDBs com rendimentos maiores para atrair pessoas interessadas em investir e, assim, captar mais dinheiro.

A maioria dos CDBs oferecidos no mercado hoje são pós-fixados e atrelados ao CDI, mas também existem opções de CDBs prefixados que rendem uma taxa fixa ao ano.

Aqui explicamos todos os detalhes sobre o que é o CDB investimento.

Além disso, o CDB é garantido pelo FGC, o Fundo Garantidor de Crédito, o qual cobre até R$ 250 mil por CPF em caso de falência do banco que te vendeu o CDB, desde que a quantia esteja na mesma instituição ou conglomerado financeiro.  

Dessa forma o CDB é um investimento bastante seguro e com um baixo risco para o investidor, sendo uma opção ideal para quem está começando a adentar esse universo.  

Em resumo, a diferença entre CDI e CDB é: o CDI é o índice que tem como base as movimentações financeiras entre bancos, enquanto o CDB é um tipo de investimento que capta recursos e devolve o montante corrigido de juros.

Saiba mais sobre a diferença entre CDB e CDI.

Quais investimentos estão atrelados ao CDI?

Além do CDB que acabamos de citar, outros investimentos estão atrelados ao CDI. Então, se você pensa em investir em CDI, na verdade deverá investir em uma dessas opções para ter o rendimento com base nesse índice.

Antes de mais nada, é importante entender que as aplicações em renda fixa se dividem em três categorias:

  • Prefixada: você sabe quanto vai ser o rendimento no momento da aplicação. Por exemplo, um investimento com rendimento de 5% ao ano não sofrerá alterações, não importa o que aconteça com o mercado
  • Pós-fixada: a taxa de juros é baseada em um indicador variável. Por exemplo, a taxa DI, a Selic ou o IPCA. Como essas taxas sofrem oscilações, você não sabe exatamente quanto seu investimento vai render ao longo dos anos
  • Híbrida: uma parte do rendimento é prefixada, outra parte é pós-fixada. Por exemplo, um investimento que promete 5% + IPCA ao ano indica que você vai receber estes 5% fixos mais o percentual do índice de inflação, o IPCA

 

Agora que você já entendeu essa diferença, vamos ver uma lista de investimentos que têm o rendimento determinado pelo CDI.

LC

As Letras de Câmbio (LC) funcionam exatamente como um CDB.

Apesar do nome, elas não têm ligação com nenhuma moeda estrangeira. A diferença é que as Letras de Câmbio são emitidas por financeiras e não por bancos. Só isso.

Então, ao comprar uma LC você empresta seu dinheiro para empresas que concedem empréstimos pessoais ou consignados, dentro dos mesmos moldes que a gente já viu no CDB.

O LC é coberto pelo FGC.

LCI

LCI é a sigla para Letra de Crédito Imobiliário. Como o nome já diz, tem ligação com atividades do ramo imobiliário, então, ao aplicar nesse tipo de título, você empresta dinheiro para que o banco invista em atividades de construção e aquisição de imóveis.

No vencimento de uma LCI, o valor que você emprestou é devolvido com juros. A lógica da LCI é bastante parecida com a do CDB.

As principais diferenças: a LCI costuma exigir um valor mínimo mais elevado para se começar a investir e é isenta de cobrança de Imposto de Renda sobre o rendimento da aplicação.

Além disso, o LCI também é coberto pelo FGC.

LCA

A Letra de Crédito do Agronegócio (LCA), assim como a LCI, é uma espécie de empréstimo feito para o banco onde ele financia um setor da nossa economia — nesse caso, o agronegócio.

Para simplificar, ele é uma versão do LCI: também pode ser pós-fixado (com rentabilidade atrelada à taxa DI) e isento de Imposto de Renda.

O LCA também conta com a cobertura do FGC.

Preparado para começar a investir com foco no CDI?

Agora que você já sabe o que é CDI e como ele funciona, assim como qual sua relação com o CDB, está na hora de começar a colocar os seus conhecimentos em prática e investir.

Você sabia que na Neon você pode fazer aplicações com apenas R$ 10? É isso mesmo. E tudo é feito em poucos cliques direto pelo aplicativo.

Além disso, seu dinheiro está sempre disponível, 24 horas por dia, mesmo em feriados ou fins de semana. É só acessar a aba “Investimentos" no seu aplicativo Neon, pedir o resgate e o dinheiro fica disponível na sua conta na hora.

Ficou interessado? Invista agora mesmo!

INVESTIR NO CDB NEON

 

O que achou das informações sobre o que é CDI? Conta para a gente nos comentários se você ainda tem alguma dúvida!

ilustração neon mulher cuidando do dinheiro com app

Cuide bem do seu dinheiro. Experimente o app Neon!

download app neon android
download app neon ios

Comentários