Logo_neon-degrade
ABRA SUA CONTA

Sacar dinheiro em loja: veja como será possível com o Pix

Time Neon

Já imaginou poder sacar dinheiro em loja e não perder mais tempo procurando o caixa eletrônico?

É mais uma facilidade que o Pix — o sistema de pagamentos instantâneos do Banco Central — vai trazer para você em 2021.

Com esse novo serviço, você poderá fazer saques da sua conta diretamente no caixa de supermercados, lojas e redes varejistas, utilizando apenas seu celular.

Ou seja: acabou o problema de ficar na fila do caixa eletrônico ou da agência bancária quando você precisa de dinheiro em espécie.

Ficou animado com a novidade? Faça o pré-cadastro no Pix Neon!

PRÉ-CADASTRAR NO PIX NEON

Continue lendo para entender como será possível sacar dinheiro em loja via Pix.

Como será possível sacar dinheiro em loja

Sacar dinheiro em loja diretamente da sua conta bancária já será possível em 2021, graças ao novo sistema de pagamentos instantâneos do Banco Central — o Pix.

Essa é a promessa do diretor de Organização do Sistema Financeiro e Resoluções do BC, João Manoel de Pinho Mello, que anunciou a função de saque no varejo em agosto de 2020 (Olhar Digital).

Segundo ele, os consumidores terão a conveniência de retirar dinheiro no caixa das lojas, sem precisar de um caixa eletrônico ou agência bancária.

O serviço deve começar a valer no primeiro semestre de 2021, enquanto o lançamento do Pix está previsto para novembro de 2020.

Antes de começar a sacar dinheiro nas lojas, os brasileiros já terão acesso a serviços como transferências e pagamentos instantâneos 24 horas por dia e 7 dias por semana — tudo gratuito para pessoa física.

Por isso, o Pix está sendo chamado de “revolução bancária” e é aguardado com entusiasmo por empresas e consumidores.

Como vai funcionar o saque em loja

O processo de sacar dinheiro em loja será muito simples, como tudo na proposta do Pix.

Você só terá que ir até o caixa da loja ou supermercado, por exemplo, e informar que quer fazer um saque via Pix (ou sistema do Banco Central).

O atendente irá selecionar a opção correspondente na maquininha de pagamentos, e em seguida, será exibido um QR Code no aparelho.

Então, você só precisará ler o código com seu celular para confirmar a operação, recebendo o dinheiro sacado imediatamente.

Fácil demais, não acha?

Assim, você não precisa sair em busca de um caixa eletrônico: é só aproveitar o momento das compras para sacar o dinheiro necessário.

Por enquanto, o Banco Central ainda não definiu qual será a tarifa cobrada pela operação, mas a tendência é que seja mais barata do que as cobradas pelo sistema bancário atualmente.

Funções do Pix além de sacar dinheiro em loja

A possibilidade de sacar dinheiro em loja é apenas uma das funções do Pix, que promete acelerar a transformação digital dos pagamentos no Brasil.

Sabe quando você precisa fazer uma transferência entre bancos e só consegue enviar o dinheiro em dias úteis?

Esse problema vai acabar com o Pix, pois todas as transferências serão imediatas, funcionando 24 horas por dia, 7 dias por semana (inclusive em feriados).

Se você usa uma conta digital como a Neon, já sabe como é transferir dinheiro sem pagar nada, mas muita gente ainda paga tarifas a cada TED ou DOC realizado na conta bancária tradicional.

Com o Pix, ninguém vai precisar pagar para enviar e receber dinheiro a qualquer momento e em qualquer banco — somente as empresas pagarão taxas, mas equivalentes a um décimo do valor cobrado atualmente por TEDs e DOCs.

Será possível realizar transações digitando apenas o número do celular ou CPF, ou por meio de QR Code.

Além disso, o Pix também permitirá que você pague pelas compras em estabelecimentos utilizando apenas o QR Code ou pagamento por aproximação (tecnologia NFC).

A ideia é que essa tecnologia facilite a vida do consumidor, que hoje ainda precisa usar dinheiro, cartões e boletos para fazer seus pagamentos.

Outros sistemas que oferecem saque em loja

Apesar de ser inovador pelo formato, o Pix não é o primeiro sistema que oferece o serviço de saque em loja.

Já existem carteiras digitais que oferecem a opção de sacar e depositar dinheiro em lojas, por exemplo.

Inclusive, alguns sistemas utilizam o QR Code para autorizar as operações, embora nada se compare à abrangência e alcance que o Pix promete ter.

A expectativa é que o novo meio de pagamento estimule uma corrida da concorrência para oferecer a funcionalidade.

Em agosto de 2020, por exemplo, a Abecs (associação da indústria de cartões) anunciou que está planejando oferecer o serviço de saque no varejo via cartão de débito e crédito, conforme divulgado na Folha.

O sistema recebeu o nome provisório de “Compra com troco” e deve permitir a retirada de valores entre R$ 20,00 e R$ 200,00 nos caixas dos estabelecimentos.

Nesse caso, as taxas cobradas para uso do cartão e que remuneram banco, bandeira e maquininhas continuam valendo para essa função.

PRÉ-CADASTRAR NO PIX NEON

5 vantagens de sacar dinheiro em loja via PIX

A opção de sacar dinheiro em loja via Pix vai trazer benefícios para todos: consumidores, lojistas e o próprio Banco Central.

Confira as principais vantagens do serviço.

1. Menos dependência de caixas e agências

Com certeza você já precisou sacar dinheiro para algum imprevisto e teve que ir atrás de um caixa eletrônico ou agência bancária na hora — e nem sempre tem um desses por perto.

Sem falar no inconveniente de ter que se deslocar apenas para tirar dinheiro e nos aborrecimentos com equipamentos em manutenção na hora que você mais precisa.

Com a opção de sacar dinheiro em loja via Pix, você só precisa ir até o caixa de um estabelecimento credenciado e retirar o dinheiro rapidamente, sem depender da rede de caixas eletrônicos e agências.

2. Mais rapidez na transação

O Banco Central promete que os saques em estabelecimentos por meio do Pix serão incrivelmente rápidos.

A ideia é que a transação seja concluída em no máximo 10 segundos, podendo ser feita em qualquer hora do dia ou dia da semana.

Assim, você nunca mais vai perder tempo na fila do caixa eletrônico ou do guichê do banco.

3. Tarifa mais barata para saques

Embora o Banco Central ainda não tenha definido qual será a tarifa para cada saque no varejo, a tendência é que seja mais vantajosa do que as tarifas atuais da rede bancária.

Isso porque a proposta do Pix é digitalizar e tornar os serviços financeiros mais acessíveis — na mesma linha do open banking — , e faz parte da estratégia baratear ou zerar as taxas.

4. Redução do custo de distribuição de cédulas

O saque diretamente nas lojas também vai reduzir os custos logísticos e operacionais da distribuição de cédulas no país.

Assim, os consumidores ganham com a disponibilidade do serviço em novos pontos de venda e o Banco Central otimiza suas operações.

5. Mais negócios para os lojistas

Os lojistas também saem ganhando com a opção de saque no varejo via Pix, já que o serviço pode atrair mais clientes e aumentar as oportunidades de negócios.

Uma ótima notícia para quem é PJ! 🎉

Além disso, a novidade deve promover a reutilização do dinheiro em espécie nos estabelecimentos e reduzir o custo do manejo.

Prepare-se para começar a usar o Pix

O lançamento oficial do Pix está marcado para o dia 16 de novembro de 2020 e o cadastro para a plataforma será aberto no dia 15 de outubro de 2020, conforme divulgado no Canal Tech.

Para ter acesso ao serviço, você só vai precisar de uma conta bancária ou uma carteira digital.

Na hora do cadastro, será preciso criar uma “chave Pix” que funciona como código identificador do usuário dentro do sistema.

Essa chave pode ser o seu RG, CPF, e-mail, telefone ou até mesmo um número aleatório gerado pelo sistema, e vai permitir que você transfira dinheiro para a conta de outra pessoa digitando apenas o celular ou o CPF dela, por exemplo.

Depois de definir a chave de acesso e autorizar seu cadastro, seus dados serão enviados para o BC para concluir a operação.

Então, você poderá usar o Pix por meio do app do seu banco, selecionando a opção “Pix”.

Enquanto as chaves são usadas para transferências, os pagamentos podem ser feitos via QR Code (como no caso dos saques) ou aproximação (NFC).

Ou seja: falta pouco para você começar a usar o Pix com sua conta digital Neon — aguarde mais informações em breve.

Entendeu como será sacar dinheiro em loja com essa tecnologia revolucionária?

Não perca tempo e saia na frente fazendo o pré-cadastro do Pix Neon! 😉

PRÉ-CADASTRAR NO PIX NEON

Aproveite para comentar se está ansioso para testar a novidade.

Saiba mais:

+ Pix para PJ: prepare seu negócio para a revolução dos pagamentos

+ Como protestar boleto em cartório quando seu cliente não paga

+ Planilha de Gastos: Controle Financeiro Pessoal e Familiar [GRÁTIS]

Comentários