Logo_neon-degrade
ABRA SUA CONTA

8 informações para conhecer antes de declarar o Imposto de Renda 2021

Ana Gabriela Graças

Atualizado em 13 de abril de 2021

O prazo para a entrega do Imposto de Renda 2021 já começou!

Você tem de 1º de março até as 23h59 do dia 31 de maio para fazer a sua declaração, então fique atento para cumprir o prazo e evitar pagar multa por atraso — que é de 1% do imposto devido por mês de atraso, com valor mínimo de R$ 165,74 e máximo de 20% do tributo devido.

Então já comece a se planejar para fazer a sua declaração de Imposto de Renda!

Para te ajudar, selecionamos aqui 8 informações importantes que você precisa conhecer antes de fazer a sua declaração de IR:

 

Quer saber mais para fazer a sua declaração de Imposto de Renda 2021 corretamente?

Então continue lendo!

1. Qual o prazo de entrega da declaração de Imposto de Renda 2021?

O período para fazer a declaração de Imposto de Renda 2021 começa às 8h do dia 1º de março e vai até as 23h59 do dia 31 de maio, então programe-se! Você tem três meses para acertar as contas com o leão.

Antes o prazo era até 30 de abril, porém foi prorrogado. Segundo a Receita Federal, isso foi feito com o objetivo de "evitar aglomerações nas unidades de atendimento e demais estabelecimentos procurados pelos cidadãos para obter documentos ou ajuda profissional".

O calendário de pagamento das restituições foi mantido. Já para quem tem imposto a pagar o prazo também foi prorrogado e agora vai até 10 de maio.

Normalmente, o sistema informa em 24 horas se você o contribuinte caiu na malha fina, então, caso isso aconteça, você terá tempo para identificar qual foi o erro, fazer a retificação do Imposto de Renda e até mesmo restituir nos primeiros lotes, caso você tenha um valor a receber.

Veja aqui o que é malha fina e quais são os 7 erros mais comuns que te fazem cair nela.

2. Quem precisa declarar o Imposto de Renda 2021?

Qualquer pessoa que se enquadrar em uma das obrigatoriedades abaixo precisa fazer a Declaração de Imposto de Renda 2021:

  • Recebeu mais de R$ 28.559,70 em renda tributável em 2020
  • Ganhou mais de R$ 40 mil isentos, não tributáveis ou tributados direto na fonte no ano passado
  • Lucrou com a venda de bens
  • Comprou ou vendeu ações na bolsa de valores (qualquer valor)
  • Recebeu mais de R$ 142.798,50 em atividade rural ou tem prejuízo rural a ser compensado
  • Era dono de bens no valor de mais de R$ 300 mil
  • Passou a morar no Brasil em 2020 e ficou aqui até 31 de dezembro
  • Vendeu imóvel e comprou outro em 180 dias, de modo que usou a isenção de Imposto de Renda
  • Recebeu auxílio emergencial e rendimento tributável superior a R$ 22.847,76

 

Não precisa fazer a declaração a pessoa física que não se enquadra em nenhum item acima, for dependente e constar na declaração de outra pessoa física, ou tiver propriedade de bens e direitos que forem bens comuns, já declarados pelo cônjuge, desde que o valor total dos seus bens privativos não exceda R$ 300 mil até o final do ano passado.

3. O que mudou em relação ao auxílio emergencial?

O auxílio emergencial é a principal mudança da declaração de IR 2021. Quem recebeu rendimentos tributáveis de valor superior a R$ 22.847,76 no ano passado deverá declarar o auxílio emergencial recebido.

Porém, esses contribuintes terão que devolver o auxílio emergencial por não se enquadrarem nas regras de “vulnerabilidade social” estabelecidas pelo governo, as quais dão direito às parcelas de R$ 300 e R$ 600.

Assim, estima-se que 3 milhões de cidadãos terão que devolver o auxílio emergencial porque receberam rendimentos tributáveis acima do limite permitido.

A devolução se dará por meio de uma guia que será gerada pela Receita Federal ao preencher a declaração.

Entenda aqui as regras para declarar e devolver o auxílio emergencial.

De qualquer forma, o valor do auxílio emergencial recebido em 2020 deve ser incluído na declaração de Imposto de Renda 2021 como um rendimento de pessoa física, somando-se ao que foi recebido de outras fontes de renda, como MEI e/ou CLT durante o ano.

Por isso, atenção: se você é MEI esse valor não irá entrar na Declaração Anual de Faturamento MEI, mas sim no Imposto de Renda, pois o montante foi recebido pela pessoa física, não jurídica.

4. Como fazer a declaração de Imposto de Renda 2021?

Você pode declarar pelo computador, celular ou tablet. No computador, basta baixar o programa do Imposto de Renda 2020 no site da Receita Federal. Clique aqui para baixar.

No celular, baixe o aplicativo “Meu Imposto de Renda”. Clique aqui para baixar a versão para Android e aqui para baixar a versão para iOS.

Caso você tenha certificado digital, basta acessar o site da Receita Federal e declarar na área “Meu Imposto de Renda”. Clique aqui para acessar.

Dica: você pode começar a sua declaração em um dispositivo e terminar em outro, o importante é preencher tudo com atenção e conferir todas as informações antes de enviar a declaração.

Veja aqui um passo a passo sobre como declarar o Imposto de Renda 2021.

5. É possível preencher alguns campos automaticamente?

Dentre as principais novidades para este ano está a facilidade para fazer o pré-preenchimento: agora o próprio sistema da Receita Federal conseguirá inserir alguns dados necessários com base no seu banco de informações.

Dessa forma, basta que o contribuinte confira os números e insira as informações que estiverem faltando.

Isso porque o sistema identificará automaticamente qual foi a renda retida na fonte, atividades imobiliárias (como negociações de imóveis), gastos com educação e uso de serviços médicos, por exemplo.

Esse formato já existe desde 2014, mas apenas quem possuía certificado digital conseguia usá-lo. Agora, quem tem cadastro no site do Governo Federal também poderá usufruir dessa facilidade.

6. É melhor escolher a declaração completa ou simplificada?

Com a declaração simplificada você pode deduzir automaticamente 20% no valor tributável, limitado a R$ 16.754,34.

Ou seja, ela é destinada principalmente para quem teve poucas despesas ao longo do ano passado, já que o contribuinte abre mão de fazer qualquer dedução de gastos com educação e saúde, por exemplo.

Já com a declaração completa você tem dois limites de dedução:

  • R$ 2.275,08 por dependente
  • R$ 3.561,50 com despesas de educação

 

Então avalie o que funciona melhor para você.

7. Qual o calendário de restituição do Imposto de Renda 2021?

O calendário de restituição do IR 2021 é:

  • 1º lote: 31 de maio
  • 2º lote: 30 de junho
  • 3º lote: 30 de julho
  • 4º lote: 31 de agosto
  • 5º lote: 30 de setembro

 

Quanto antes você declarar, mais chances você tem de conseguir restituir o Imposto de Renda mais cedo, então organize-se!

Veja aqui tudo o que você precisa saber sobre a restituição do Imposto de Renda 2021.

E ah, boa notícia: caso você tenha imposto a restituir, você poderá recebê-lo direto na sua conta Neon! Basta escolher a opção “Contas de pagamento” (que é própria de bancos digitais) e inserir os dados da sua conta.

As opções “conta corrente” e “conta poupança” continuam valendo normalmente.

8. Houve mudança na tabela de cobrança do Imposto de Renda?

Não e não há previsão para que qualquer alteração seja feita. Então a tabela permanece assim:

Base de cálculo

Alíquota

Parcela a deduzir do IRPF

1ª faixa: até R$ 22.847,76

-

-

2ª faixa: de R$ 22.847,77 até R$ 33.919,80

7,5%

R$ 1.713,58

3ª faixa: de R$ 33.919,81 até R$ 45.012,60

15%

R$ 4.257,57

4ª faixa: de R$ 45.012,61 até R$ 55.976,16

22,5%

R$ 7.633,51

5ª faixa: acima de R$ 55.976,16

27,5%

R$ 10.432,32

 

Vale lembrar que essa tabela foi reajustada pela última vez em 2015. De qualquer forma, a alíquota é calculada automaticamente ao término do preenchimento da declaração.

 

Quer saber mais? Preparamos um guia com as respostas para 15 dúvidas frequentes em relação à declaração de Imposto de Renda, confira.

O que achou das principais informações sobre o Imposto de Renda 2021? Conta para a gente nos comentários se você ainda ficou com alguma dúvida!

ilustração neon mulher cuidando do dinheiro com app

Cuide bem do seu dinheiro. Experimente o app Neon!

download app neon android
download app neon ios

Comentários