Logo_neon-degrade
ABRA SUA CONTA

Dropshipping: entenda o que é e como participar

Mariana Lima

Talvez você nunca tenha ouvido falar nesse termo, mas muito provavelmente já comprou alguma coisa no modelo “dropshipping”. Essa forma de e-commerce, permite que comerciantes vendam produtos sem precisar montar estoque, e tem sido a “fórmula secreta” para grandes empresas ganharem dinheiro.

Se você já comprou de um grande e-commerce que vende produtos de terceiros, como Amazon, Ebay e AliExpress, muito provavelmente você já deve ter sido cliente desse tipo de vendas online.

Agora, durante a pandemia do novo coronavírus, o modelo de dropshipping tem ganhado força no Brasil entre empresas menores. Isso porque, varejistas digitais estão procurando parceiros para aumentar suas vendas e diversificar suas fontes de renda.

Quer saber como funciona? Vamos te mostrar em detalhes o que é o dropshipping,

O que significa dropshipping?

O termo é formado por duas palavras em inglês: drop significa “largar” e shipping pode ser traduzido como “remessa” ou “envio”.

Em uma tradução livre, dropshipping pode ser traduzido como “sem preocupação com o envio”, ou uma forma de abrir loja virtual sem estoque.

Na prática, esse modelo usa parcerias com fornecedores e lojistas menores para aumentar o leque de ofertas de produtos.

Como fazer dropshipping?

O modelo funciona assim:

Daniel quer aumentar a variedade de produtos que vende hoje no seu e-commerce. Atualmente, vende sapatos, mas também quer vender roupas e produtos eletrônicos. Porém, Daniel não tem dinheiro suficiente pra comprar um bom estoque desses novos produtos.

Quebrando a cabeça pra achar a solução, Daniel lembra que a Márcia tem uma fábrica de roupas e o José uma loja de eletrônicos que está fechada durante a pandemia. E aí que pensa: por que não fazer uma parceria com eles?

Agora, Márcia vende roupas e José eletrônicos no site do Daniel. Em troca, o Daniel ganha uma margem de lucro em cada produto vendido por seus parceiros, sem precisar criar um estoque pra isso.

Quais são as vantagens do dropshipping?

O modelo não é novo e já é consagrado em países como Estados Unidos e na China, mas tem conquistado o Brasil porque ajuda na diminuição de custos de quem quer vender e aumenta o lucro de donos de e-commerce.

Quando a Márcia e o José começam a participar do e-commerce do Daniel, eles economizam alguns custos de marketing, hospedagem do site, designer, programador entre outros.

De outro lado, o site do Daniel ganha mais acessos e fica mais famoso, além de faturar com os produtos vendidos pelos seus parceiros.

Quais cuidados precisam ser tomados?

Se você quer adotar esse modelo para alavancar os negócios, precisa ter alguns cuidados:

  1. Certifique-se que os fornecedores são de confiança. Afinal, você não vai querer ter a imagem do seu site prejudicada pela falta de cuidado de terceiros, né? 😉
  2. Adapte sua plataforma para receber os parceiros. Agora, quando um cliente comprar no seu e-commerce o dinheiro precisa ir para ele. Veja qual é o melhor arranjo para esse tipo de pagamento: é melhor mudar a engrenagem do site para o dinheiro ir direito para a conta do lojista ou você deverá criar um fluxo de pagamentos? Escolha a melhor estratégia;
  3. Defina os pontos de qualidade com o seu parceiro. O envio e a embalagem dos produtos vão ficar por conta do fornecedor, por isso estipule com eles uma régua de qualidade para que a avaliação do seu site não sofra impactos negativos.

 

Gostou de saber um pouco mais sobre como funciona o dropshipping? Conta pra gente nos comentários 😉

Leia mais:

+ Como criar um site de vendas online em 5 dicas

+ O que é PIB e como ele impacta a sua vida

+ 7 dicas de como aumentar a velocidade da internet em casa

Comentários