Logo_neon-degrade
ABRA SUA CONTA

Como vender pelas redes sociais: 6 vantagens e passo a passo

Time Neon

Você sabe como vender pelas redes sociais para impulsionar seus resultados?

Considere que 88% da população brasileira está no YouTube, Facebook, Twitter e outras mídias sociais, segundo a pesquisa da Comscore de 2019.

Logo, as oportunidades de vendas estão se multiplicando nessas plataformas, e a maioria das empresas já está competindo por seguidores, comentários e compartilhamentos.

Para ajudar você a entrar nessa disputa, reunimos as principais estratégias para prospectar, qualificar e converter leads nas redes sociais.

Continue lendo e descubra o poder das vendas sociais.

Como vender pelas redes sociais: o poder do social selling

Entender como vender pelas redes sociais é o primeiro passo para adotar uma nova abordagem comercial em plena ascensão: o social selling, ou venda social.

Enquanto o roteiro tradicional de vendas parte de técnicas de cold calling, demonstrações e captação de leads, as vendas impulsionadas pelas redes sociais são baseadas em relacionamentos.

Ou seja: você usa as mídias sociais para entrar em contato com possíveis clientes e se aproximar do seu público-alvo, criando relações duradouras e compartilhando conteúdo relevante.

De acordo com o relatório State of Inbound 2018, publicado pelo HubSpot, o maior desafio das vendas atualmente é conseguir uma resposta nas ações de prospecção.

Logo, as redes sociais são um terreno fértil para gerar diálogos relevantes com os potenciais clientes e captar leads mais promissores.

Uma pesquisa feita pelo Instituto Qualibest em 2019, publicada no Jornal Extra, revela que 62% dos brasileiros já compraram na internet por meio das redes sociais.

Além disso, 80% dos usuários seguem páginas de empresas no Facebook, enquanto 89% seguem perfis de marcas no Instagram.

Em termos de presença, 93% dos internautas estão no YouTube, 92% no Facebook e 83% no Instagram. 

Do lado das empresas, 96,2% já estão presentes nas redes sociais e 38,1% apontam o aumento das vendas e do número de clientes como principais benefícios da estratégia, de acordo com a pesquisa Social Media Trends 2019, realizada pela Rock Content.

Já no mercado B2B, a rede social do momento é o LinkedIn: 70% dos representantes de vendas afirmam que estão fechando mais negócios por essa rede social, segundo o relatório State of Sales 2018, divulgado pelo LinkedIn Business.

Então, se você ainda não aproveitou o potencial das redes sociais para aumentar suas vendas, está na hora de criar sua estratégia.

6 vantagens de vender pelas redes sociais

Para inspirar você a aprender como vender pelas redes sociais, temos algumas vantagens bem convincentes.

Confira os principais benefícios: 

1. Redução do ciclo de vendas

Você já pensou em como as redes sociais podem reduzir seu ciclo de vendas ao agilizar a decisão de compra do consumidor?

De acordo com uma pesquisa realizada pelo SPC Brasil, publicada na Ecommerce Brasil, 97% dos consumidores digitais procuram informações na internet antes de comprar um produto em uma loja física.

Isso significa que as pessoas estão pesquisando, comparando e tomando decisões com base em sites e mídias sociais das empresas.

Logo, quanto melhor for o conteúdo oferecido e a clareza das informações, maiores as chances de captar leads mais qualificados - prontos para fechar negócio com a sua empresa.

Assim, você acelera o ciclo de vendas e aumenta sua performance.

2. Mais visibilidade para a marca

Na pesquisa da Rock Content, a divulgação da marca é o principal benefício que motiva as empresas a usar as redes sociais.

De fato, as plataformas são essenciais para aumentar a visibilidade e o brand awareness (consciência de marca).

Naturalmente, esse reconhecimento do consumidor é fundamental para alavancar as vendas, pois fixa a marca na mente do público e facilita o engajamento.

3. Possibilidade de educar e nutrir leads

Um dos grandes diferenciais das vendas pelas mídias sociais é a possibilidade de educar e nutrir os leads com conteúdo altamente segmentado, mantendo uma relação próxima com os potenciais clientes.

Assim, você melhora o processo de qualificação e aproveita as conexões sociais para compreender mais a fundo as necessidades dos leads.

Com a crescente dificuldade em prospectar do modo tradicional, as redes sociais são ótimos canais para chegar diretamente ao seu público da forma mais consensual e conveniente possível.

4. Aumento do tráfego

Outra vantagem de vender pelas redes sociais é atrair mais tráfego para o site da empresa.

Afinal, na maioria das plataformas, sua tática será divulgar os produtos ou serviços e levar os consumidores para finalizar o pedido no site (ou entrar em contato com um representante de vendas).

5. Melhora na retenção e fidelização

As mídias sociais não são apenas canais de atração, mas também poderosos meios de relacionamento que ajudam você a reter e fidelizar clientes.

No pós-venda, o profissional pode manter contato pelas mídias sociais e gerar novas oportunidades de negócios.

Além disso, a empresa pode divulgar conteúdo específico para solucionar as principais dúvidas dos clientes.

6. Maior controle da reputação

Por fim, o controle da reputação online é garantido pelo monitoramento das mídias sociais.

Ao vender por meio desses canais, você pode coletar feedbacks imediatos dos consumidores e acompanhar métricas como engajamento e envolvimento.

Lembrando que as avaliações e comentários de outros usuários são decisivas para influenciar a decisão de compra.

Segundo uma pesquisa realizada pela Provokers em 2018, publicada na Ecommerce Brasil, 58% dos consumidores digitais confiam em avaliações online, enquanto 77% se baseiam em comentários para decidir sua compra.

Como vender pelas redes sociais: passo a passo

Quer saber como vender pelas redes sociais em um tutorial rápido?

Confira os 6 passos essenciais para criar sua estratégia de social selling.

1. Selecione as redes sociais mais relevantes

O primeiro passo para aprender como vender pelas redes sociais é identificar onde estão os seus clientes e prospects.

Para isso, você pode se basear nas personas — personagens semi-fictícias criadas pelo marketing para representar seu cliente ideal —, em pesquisas que mostram o perfil do público de cada plataforma ou mesmo nas estratégias da concorrência.

Outra dica é usar uma ferramenta como o BuzzSumo para avaliar a popularidade de conteúdos relacionados à sua marca nas redes sociais — e ainda descobrir quais têm melhor desempenho e apelo junto ao público.

2. Alinhe as equipes de marketing e vendas

Para aplicar uma estratégia de social selling, é fundamental que você alinhe as equipes de marketing e vendas.

De um lado, você terá profissionais especialistas em inbound marketing criando conteúdos exclusivos para atrair, converter e qualificar leads nas mídias sociais.

Do outro, vendedores antenados às últimas tendências de prospecção alimentando a equipe com insights sobre a jornada de compra pelas redes sociais.

Assim, ambos os times devem trabalhar em conjunto para potencializar as vendas pelas redes sociais.

3. Monitore as conversas sobre sua marca

Um dos diferenciais das redes sociais é a possibilidade de monitorar de perto o que os usuários dizem sobre os seus produtos e coletar insights valiosos.

Dessa forma, você consegue identificar os melhores leads e entender exatamente o que os consumidores querem em cada etapa do funil de vendas.

Se você usa uma metodologia como SPIN Selling, por exemplo, os diálogos nas redes sociais podem adiantar - e muito - o processo de coletar informações para guiar o cliente à tomada de decisão.

4. Use os recursos de vendas das redes sociais

Para agilizar as conversões, você pode usar os recursos de vendas que as próprias redes sociais oferecem.

No Facebook, por exemplo, você conta com a opção de adicionar uma loja à fanpage da empresa.

Hoje, há várias plataformas de e-commerce que se integram automaticamente à loja do Facebook e permitem que seus clientes façam compras diretamente pela página ou chat.

Outro recurso que está começando a se popularizar é o Instagram Shopping, que viabiliza as vendas pelo aplicativo a partir do catálogo de produtos do Facebook.

5. Use as informações e métricas

As redes sociais são fontes valiosas de informações sobre o comportamento, perfil e hábitos do seu público.

Ao usar as ferramentas de análise de dados do Facebook, Instagram e Twitter, por exemplo, você consegue identificar quais conteúdos funcionam melhor com seu público, quem está mais engajado com a sua empresa e como os consumidores reagem aos seus anúncios.

Todos esses dados são cruciais para guiar a equipe de vendas nos processos de prospecção, qualificação e negociação com os leads.

6. Compartilhe conteúdo com alto poder de conversão

Há alguns conteúdos com maior poder de conversão nas mídias sociais, de acordo com a plataforma e perfil do público.

No Facebook, por exemplo, os posts e anúncios com vídeos estão em alta, especialmente aqueles do tipo “tutoriais” e informativos sobre os produtos e serviços.

No Instagram, os Stories têm atraído cada vez mais seguidores e os digital influencers são ótimos parceiros para recomendar seus produtos e aumentar as conversões.

Logo, cabe a você ficar atento às tendências das redes sociais e criar conteúdo cada vez mais focado em vendas.

Entendeu como vender pelas redes sociais pode ser revolucionário para a sua empresa? Então, coloque as dicas em prática e aproveite esse momento de auge das mídias sociais 🚀

Comentários