Logo_neon-degrade
ABRA SUA CONTA

Black Friday 2019: Como se planejar para vender mais (GUIA)

Time Neon

Como está a sua estratégia de vendas para a Black Friday 2019?

Quanto mais cedo você iniciar esse planejamento, mais chances você tem de fisgar o consumidor nessa data especial.

Afinal, a Black Friday é um dos dias mais esperados do ano tanto pelo comércio quanto pelos clientes em busca de descontos e promoções especiais.

Então, essa é uma boa oportunidade para as lojas incrementarem as receitas. Mas o planejamento para essa data não é simples.

É preciso pensar em se destacar da concorrência, atender aos anseios do público-alvo, criar descontos irresistíveis, lidar com questões logísticas e muito mais.]

Vamos descobrir tudo nos seguintes tópicos:

Então, por onde começar o seu plano de vendas para a Black Friday 2019?

O que é a Black Friday?

Black Friday é o nome de uma das datas mais esperadas do ano pelo varejo e pelos consumidores.

Sempre em uma sexta-feira de novembro, as lojas fazem grandes promoções em todos os segmentos do mercado. 

Ela teve início nos Estados Unidos, na Filadélfia, e lá ocorre no dia seguinte ao feriado de Dia de Ação de Graças. O nome inclusive foi criado devido aos congestionamentos de carros e pessoas depois do Dia de Ação de Graças, quando os consumidores iniciavam as compras para o Natal.

No Brasil, a primeira edição da Black Friday ocorreu em 2010 e, aos poucos, começou a chamar a atenção do varejo.

Em 2018, as vendas bateram todos os recordes.

De acordo com a Boa Vista Serviço Central de Proteção ao Crédito (Boa Vista SCPC), as vendas do comércio no ano passado cresceram 4,7% em relação ao mesmo período em 2017.

Quando é a Black Friday 2019?

A Black Friday 2019 ocorre no dia 29 de novembro, última sexta-feira do mês.

O dia oficial de promoções, portanto, começa a partir da meia-noite de sexta.

Mas é comum que as marcas tenham promoções durante toda a semana que antecede a Black Friday. 

Então, como é uma data importante no varejo brasileiro, é melhor ir se preparando desde já. 

Quanto antes você fizer o seu planejamento para a Black Friday 2019, maiores as chances de sucesso.

3 ideias para a Black Friday 2019 na sua empresa

Que tal se inspirar em algumas ideias para o planejamento da Black Friday no seu negócio?

Confira três ideias:

1. Seja criativo nas promoções

Criatividade é um elemento fundamental para elaborar promoções atrativas para o público, principalmente porque o período é bombardeado por informações de diferentes marcas no período.

Mas a boa notícia é que existem inúmeras possibilidades para chamar a atenção do consumidor:

      • Kits de produtos
      • Sorteios
      • Descontos progressivos
      • Vendas adicionais
      • Garantia extra ou frete grátis
      • Cupons de desconto
      • Brindes. 

O ideal é que, nesse momento, você direcione o olhar para os seus concorrentes.

Quais estratégias eles usam em datas especiais e que funcionam perante o consumidor?

Como você pode se destacar da concorrência?  Seja criativo! 

2. Instigue o consumidor a comprar mais itens com descontos

Principalmente para empresas pequenas com poucos funcionários, se destacar dos grandes concorrentes é um desafio, concorda?

Até porque nem sempre o empreendedor consegue baixar o preço dos produtos sem perder a margem de lucro. 

Se esse é o seu caso, uma boa alternativa é oferecer descontos para compras de itens adicionais.

Esse é um tipo de promoção que incentiva a compra.

Quanto mais produtos o consumidor adquire, maior é o desconto, o que o instiga a levar itens que já desejava há tempo e que agora parecem ser mais vantajosos. 

3. Valorize clientes fiéis

Que tal aproveitar essa data especial do varejo para satisfazer os clientes que sempre compram de você? Não se esqueça de que fidelizar é tão importante quanto adquirir novos consumidores.

Uma ideia interessante é oferecer descontos exclusivos para a sua base de clientes, aproveitando para levá-los a comprar mais uma vez e dar preferência à sua marca em relação à concorrência. 

Como vender mais na Black Friday 2019

Enfim, como aumentar as vendas na Black Friday 2019? Confira, abaixo, estratégias e decisões necessárias para montar o planejamento. 

1. Defina os produtos e o valor do desconto

O passo mais importante é, de fato, definir quais produtos da sua empresa terão desconto na Black Friday.

Será um item que já figura na lista de mais vendidos?  Ou que esteja sem giro no estoque? Além disso, qual será o desconto oferecido para o consumidor?

Calcular a margem de lucro é essencial para definir um valor viável, que não prejudique o seu resultado e que ainda assim seja atraente para o cliente

Aproveite para pesquisar os preços que foram praticados por seus concorrentes no ano anterior para ter um embasamento sobre a realidade do mercado. 

2. Dê descontos reais e seja transparente

Não é à toa que a Black Friday é conhecida por expressões como “black fraude” e “tudo pela metade do dobro”.

Afinal, muitas empresas aumentam os preços dos produtos nas semanas anteriores à data para que sejam vendidos pelo valor normal.

Essa é uma prática da qual você deve ficar longe, pois é comum que os consumidores pesquisem preços anteriormente para não serem enganados na Black Friday.

Ainda mais hoje, com as redes sociais e plataformas como o Reclame Aqui, você deve evitar qualquer tipo de repercussão negativa.

Portanto, seja transparente e ofereça descontos reais. 

3. Crie uma estratégia de marketing digital

Não adianta criar promoções atrativas se você não as divulga para os consumidores, concorda?

Sendo assim, outro passo fundamental é elaborar uma estratégia de marketing digital específica para a Black Friday 2019 para aumentar a visibilidade da sua empresa.

É importante explorar os canais digitais onde o seu público-alvo está presente.  Então, coordene ações de divulgação em redes sociais, site, e-commerce (caso você tenha uma plataforma), anúncios pagos e e-mail marketing. 

A proposta aqui é comunicar sobre as promoções, gerar interesse e convencer o consumidor a comprar de você na Black Friday. 

4. Use o e-mail marketing

Essa ação está dentro da estratégia de marketing digital, mas merece atenção especial!

O e-mail marketing é um recurso potente para informar promoções que serão lançadas na Black Friday e levar o consumidor até o seu site ou e-commerce.

Se você já tem uma lista de contatos da sua base de clientes, ótimo.  Você já tem por onde começar. Mas ainda é possível aumentar a quantidade de leads de venda e chegar a mais pessoas. Como?

Uma boa alternativa é criar uma landing page de promoção específica para a Black Friday. Assim, você coleta dados como e-mail fornecidos por pessoas interessadas nos produtos, podendo mandar para elas os descontos especiais via e-mail marketing. 

5. Crie senso de urgência no dia da Black Friday 2019

Em vendas, existe um recurso conhecido como gatilho mental da escassez.

Trata-se de uma técnica de persuasão que incentiva o consumidor a fazer uma ação rápida pois tem pouco tempo para decidir.

Geralmente, o gatilho informa que o produto está acabando rápido no estoque ou que a promoção é válida por um período curto de tempo. 

É possível aplicar essa técnica com gatilhos mentais simples, como, por exemplo: 

      • Restam poucas unidades
      • Esta promoção é válida por apenas 5 horas
      • 10 primeiros clientes ganham bônus. 

6. Foque na excelência do atendimento

A qualidade do atendimento ao cliente sempre deve ser uma prioridade no negócio. No entanto, em datas especiais, o gestor deve atentar ainda mais para esse fator.

Afinal, a excelência no atendimento é o que garante a construção de relacionamento com o cliente.

Também é um fator essencial para a fidelização: mesmo que ele tenha algum problema com o seu produto ou serviço, se for bem atendido e receber uma solução, terá uma percepção positiva da empresa, voltando a comprar dela em uma ocasião futura. 

Caso contrário, além de não comprar mais da sua empresa, pode falar mal dela para outras pessoas.

Então, mesmo que você tenha poucos funcionários, vale reforçar entre eles a qualidade do atendimento e, de preferência, oferecer treinamento e capacitação.

Como se preparar para a Black Friday

Depois de conhecer estratégias eficazes para aumentar as vendas, é hora de saber como se preparar para a Black Friday 2019 e garantir os resultados esperados.

Na sequência, confira quais ações são necessárias no planejamento. 

1. Prepare o seu estoque

Com base na definição que você fez a respeito de quais produtos entrarão em promoção, é hora de planejar o estoque.

Como a tendência é vender mais itens na Black Friday, garanta que o seu estoque tem a quantidade necessária para atender à demanda dos clientes, já que aumentam as chances de produtos atrativos e com desconto se esgotarem. 

2. Negocie com fornecedores

Outro passo importante da preparação para a Black Friday é negociar com fornecedores o mais cedo possível.

Afinal, esse parceiro de negócios não trabalha apenas com sua empresa, portanto não deixe para a última hora.

Dessa forma, você ganha tempo para definir, em conjunto com o fornecedor, o aumento da demanda e inclusive para negociar possíveis descontos na compra dos materiais. 

3. Ofereça diferentes opções de pagamento

É bom lembrar: quanto mais opções de pagamento você oferecer, mais chances de levar o consumidor à compra.

Então, por que não testar a diversificação dessa oferta na Black Friday, caso os formatos de pagamento aceitos pela sua empresa ainda sejam restritos?

Além da compra pelo cartão de crédito, considere oferecer no site a opção de débito e boleto bancário, por exemplo. 

4. Revise o site da sua empresa

Principalmente se você vende pelo site, esse é o momento de revisar o design, conteúdo e usabilidade, garantindo que ele seja também responsivo para dispositivos móveis. 

Afinal, se o seu e-commerce apresentar qualquer problema, o cliente pode desistir da compra. Ainda mais porque a tendência é que, nesse dia, aumente o tráfego da sua página. 

5. Faça a integração de processos

Ainda não usa um software ERP para integrar os processos da empresa?

Então, a Black Friday é uma oportunidade para fazer esse investimento, inclusive porque ele otimiza as rotinas de trabalho do negócio de forma permanente. 

Com um ERP, é possível integrar áreas como vendas, financeiro e estoque, reunir dados relevantes para análise e automatizar tarefas repetitivas e de pouco valor agregado.

Por exemplo, quando um produto é vendido no site, o sistema já registra o dado e concilia com as informações sobre estoque.

6. Defina e acompanhe indicadores de venda

Por fim, é crucial definir indicadores-chave de performance, conhecidos pela sigla em inglês KPI.

Medir os resultados de venda é importante não apenas para avaliar se você bateu as metas, mas para reunir um registro do desempenho a cada ano.

Assim, em 2020, você poderá fazer projeções e criar uma estratégia ainda melhor com base nos resultados da Black Friday 2019! 

Alguns KPIs incluem índices de venda, ticket médio, taxas de conversão no site, abandono de carrinho e custo de aquisição de clientes (CAC), por exemplo. 

Já tem dados de anos anteriores?  Então, crie todo o seu planejamento com base neles.

 

E aí, que tal começar a elaboração da sua estratégia agora mesmo? Se ficou com alguma dúvida, fique à vontade para compartilhar nos comentários!

Comentários