Logo_neon-degrade
ABRA SUA CONTA

Como evitar comprar compulsivamente pela internet

Mariana Lima

Ficar mais tempo em casa está te fazendo meter os pés pelas mãos e comprar mais do que deveria? Você não está sozinho nessa. Para além das compras essenciais, muitas pessoas estão disfarçando o tédio com compras desnecessárias na internet.

Mas como fazer para controlar isso? Dá para identificar quando uma compra é ou não impulsiva? Como cuidar bem do dinheiro durante a quarentena?

A nossa função aqui é te ajudar a manter as contas no azul independente do cenário. Por isso, vamos te mostrar alguns sinais de que você pode estar comprando por impulso e como evitar que isso aconteça:

5 dicas para não gastar além do que deve em compras online

1. Cancele os e-mails marketing das lojas

Abra o seu e-mail. Veja quantos conteúdos você recebeu de empresas tentando te vender algo.

Vai lá... eu espero.

 

 

 

 

 

Já viu?

Aposto que tem bem mais e-mails das empresas te oferecendo produto do que e-mails importantes, de amigos e familiares, né?

As empresas sabem que você está em casa e muitas vezes entediado. Por isso, mais do que nunca, vão tentar te bombardear com promoções e sugestões de produtos.

“Ah, Neon, mas não é bom aproveitar uma promoçãozinha?”

Claro que é! Desde que você esteja precisando realmente do produto ou pesquisando sobre ele há mais tempo. Fora isso, é uma cilada, Bino!

Para evitar de cair em tentação, separe uma parte do dia para cancelar as inscrições nos e-mails marketing das empresas. É um processo chatinho, mas vai valer a pena para o seu bolso 😉

 

2. Faça uma limpa nas suas redes sociais

Os influenciadores são ótimos para dar dicas de novas empresas e produtos, mas também são uma ferramenta poderosa para você gastar mais do que deve.

Se você tem extrapolado nos gastos, não tem jeito, é hora de dar um tempo nos influenciadores consumistas.

Você sabe quem são eles porque estão o tempo todo com uma marca na mão e te falando que é um produto imperdível para comprar. Parece até um eterno comercial de TV que não acaba nunca, né?

Então, por enquanto, nada de seguir esses influenciadores consumistas. Ok?

3. Faça uma lista do que você quer comprar

Ok, se ainda assim você acha que precisa muito comprar alguns produtos, faça uma lista dos desejos com tudo o que você quer, com os valores ao lado. Depois, deixe essa lista na gaveta por uma semana.

Quando se passar os sete dias, é hora de tirar da gaveta a lista. Dê uma olhada em tooodos os produtos que estão lá e pense: eu realmente preciso disso agora? Por que eu precisaria comprar isso agora?

Se você tiver respostas positivas para as duas perguntas, comece a pesquisar para ver se o preço diminuiu – se aumentou, caia fora dessa compra!

Mas se você não estiver certo sobre a compra, deixe a lista guardada por mais algumas semanas e retome ela quando estiver tranquilo e seguro para tomar novamente a decisão.

4. Limpe seus “rastros” na internet

 Você já deve ter feito uma pesquisa no Google sobre determinado produto e depois ser “perseguido” por ele nas publicidades de todos os sites, né? Acertou se você sempre achou que isso não acontecia “por acaso”.

Essa aparição constante faz parte de uma estratégia de venda chamada remarketing, onde as empresas usam os seus “rastros” (chamados tecnicamente de cookies) em navegações feitas em outros sites.

Para que essa propaganda pare de te perseguir é simples: delete os cookies do seu navegador! Ele está nas “Configurações”.

 

 

 

 

Ufa, agora dá até pra respirar, né?

 

5. Tire um tempo para se conhecer

Pode parecer piegas, mas se você tiver plena consciência das suas emoções, vai ficar mais fácil entender quando você está comprando por impulso.

Por isso, recomendamos que você adote algumas técnicas de autoconhecimento nesse momento. Vale meditar, adotar um caderno, fazer yoga, perceber a própria respiração... Tudo!

Aqui, o importante é perceber quando você está ansioso, chateado e com tédio. Assim, quando estiver pronto para comprar por impulso se certifique que você realmente está interessado no produto ou se só está sem o que fazer.

 

Eu sei o que realmente quero comprar. E agora?

 

Se essa certeza chegou para você, ótimo! Agora é focar na segurança da sua compra. Afinal, ninguém quer cair numa fraude e perder dinheiro, né?

Para fazer uma compra segura na internet, use o cartão virtual Neon. Ele está no seu app e funciona como um cartão de crédito que debita o valor no seu saldo na hora! Prático e seguro e todos os clientes Neon têm essa função disponível desde a abertura da conta 😉

 

E aí, gostou das dicas? Fala pra gente nos comentários o que mais você faz para evitar comprar por impulso.

Leia mais:

+ Como economizar rápido nas contas de casa

+ O que é e como funciona a MP 936 que muda regras trabalhistas na quarentena

+ Dicas para cuidar da sua saúde mental durante a quarentena

Comentários