Logo_neon-degrade
ABRA SUA CONTA

Como doar sangue durante a quarentena do coronavírus

Luiza Bortolatto

A pandemia do novo coronavírus mudou nosso dia a dia, não tem como negar. Antes de entrarmos no período de quarentena, o Brasil já estava com poucos doadores de sangue. Com a situação que estamos vivendo, muitas pessoas deixaram de doar por conta das medidas de distanciamento social.

Você deve estar imaginando que sua doação será feita para quem estiver hospitalizado pelo coronavírus, né? Na verdade, seu sangue será doado para pacientes em tratamentos diversos.

Não precisa ter receio de sair de casa, os hemocentros respeitam as medidas impostas pelo Ministério da Saúde. Além de manter o ambiente limpo, disponibilizando álcool em gel e cadeiras posicionadas para evitar aglomerações, os postos também estão agendando os atendimentos online ou por telefone.

A Pró-Sangue (São Paulo) está com os estoques de sangues do tipo O-, A- e B- em estado crítico – mas qualquer tipo sanguíneo é bem-vindo e necessário. Que tal agendar sua coleta de sangue clicando aqui? Se for de outro estado, você pode entrar no site do Ministério da Saúde, verificar o hemocentro responsável pela coleta na sua região e entrar em contato.

Decidiu que vai fazer a doação? Legal! Separamos algumas informações importantes para você 💙

Alguns pré-requisitos e cuidados para doar

Cada cuidado conta. Leve esse pensamento para o seu dia a dia, mesmo quando a quarentena chegar ao fim!

Pensando nisso, separamos alguns pré-requisitos e cuidados que você precisa ter para fazer a sua doação de sangue. Dá uma olhada:

  • Estar alimentado e em boas condições de saúde
  • Ter entre 16 e 69 anos
  • Pesar mais de 50 kg
  • Esperar uma semana para doar em caso de gripe ou resfriado
  • Levar documento de identidade original com foto recente
  • Evitar alimentos gordurosos 4 horas antes da doação
  • Evitar ingerir bebidas alcoólicas 12 horas antes

 

Como está funcionando a triagem agora?

De acordo com um informativo publicado no site do Governo de São Paulo, aqueles que foram infectados pelo COVID-19, após a recuperação completa (não apresentando sintomas) precisarão esperar 30 dias para doar. Pessoas que tiveram contato com casos suspeitos ou confirmados e profissionais de saúde que tiveram contato direto com pacientes devem esperar 14 dias depois do último contato.

E aí, já descobriu o hemocentro responsável pelas coletas na sua região e agendou sua doação de sangue? Conta pra gente nos comentários 💙

Leia mais:

+ Como ajudar os idosos durante a quarentena do coronavírus

+ Como evitar comprar compulsivamente pela internet

+ Dicas de livros para você ler durante a quarentena

Comentários