Logo_neon-degrade
ABRA SUA CONTA

TV por assinatura ou streaming? Veja como escolher

Time Neon

TV por assinatura ou streaming: você sabe qual é a melhor opção de entretenimento nos dias de hoje?

Muitas vezes essa escolha está ligada à geração, já que há algumas décadas era bem mais comum ter a famosa TV a cabo, enquanto hoje em dia os jovens só querem saber de maratonar séries online.

Contudo, com a variedade de opções que o mercado de streaming oferece atualmente, você precisa pensar bem antes de contratar o serviço.

Vamos te ajudar a escolher entre TV por assinatura ou streaming com algumas dicas e comparativos importantes. Você pode navegar pelos tópicos abaixo:

Quer saber mais?

Continue lendo!

TV por assinatura ou streaming: qual vale mais a pena?

E agora: é melhor ter TV por assinatura ou streaming? Isso vai depender exclusivamente do seu perfil, das suas preferências de entretenimento e do quanto você pretende gastar.

De acordo com a pesquisa “Serviços de streaming mais populares” publicada pela Finder, o Brasil é o segundo país com maior adesão ao streaming no mundo, com 64,58% da população tendo pelo menos uma assinatura desse tipo. Ficamos atrás apenas da Nova Zelândia, que tem 65,26% de adesão.

Além disso, um levantamento feito pela Anatel mostra que as operadoras de TV a cabo perderam 170 mil clientes por mês no último ano.

A tendência pende claramente para o lado do streaming, mas isso não significa que todos os consumidores prefiram essa modalidade.

Os mais jovens gostam de consumir conteúdo pela internet porque estão acostumados com o formato de conteúdo sob demanda, enquanto o público mais velho é muito ligado ao ritual de assistir à televisão e trocar de canal.

Então, você precisa avaliar seus hábitos e considerar o orçamento antes de escolher entre TV por assinatura ou streaming.

Como decidir entre TV por assinatura ou streaming?

A decisão entre TV por assinatura ou streaming deve levar vários critérios em conta. Veja os principais:

  • custo-benefício;
  • hábito de consumo;
  • tempo em frente à tela.

Explicaremos cada um deles a seguir.

Custo-benefício

O custo-benefício é um ponto essencial na escolha entre TV por assinatura ou streaming.

Obviamente, se a ideia é economizar dinheiro, os serviços online são muito mais vantajosos porque oferecem inúmeros títulos por um preço fixo mensal — e geralmente muito atrativo.

Já as TVs por assinatura são mais caras nas modalidades completas e pós-pagas.

Hábito de consumo

Você tem que se perguntar o que mais combina com você: TV por assinatura ou streaming? Se você está acostumado a trocar de canal o tempo todo e a assistir a programas ao vivo, talvez não se adapte tão facilmente aos conteúdos escolhidos no catálogo.

Da mesma forma, quem gosta de escolher o que vai assistir na hora não quer depender da grade de programação dos canais de TV.

Também é importante considerar todos os membros da família ou grupo de amigos que terão acesso ao conteúdo.

Tempo em frente à tela

Quanto mais tempo você passa em frente à tela, mais a TV por assinatura pode ser atrativa.

Isso acontece simplesmente porque é mais fácil trocar de canal e ter vários programas sendo transmitidos ao mesmo tempo do que ter que escolher o que você vai assistir.

Por outro lado, para quem gosta de maratonar séries, por exemplo, o streaming sempre será a melhor opção — e terá um custo-benefício excelente.

8 opções de streaming

Na hora de escolher entre TV por assinatura ou streaming, é importante conhecer as diversas opções do mercado.

Confira o que está rolando na transmissão online.

1. Netflix

A gigante Netflix lidera com folga o mercado de streaming nacional com uma participação de 53,69%, conforme dados da Finder mencionados anteriormente.

O serviço criado em 1997 ficou famoso por desbancar a antiga Blockbuster (rede de locadoras líder de mercado) e hoje já possui mais de 209 milhões de assinantes no mundo todo.

Logo, foi a primeira plataforma de streaming por definição, que apresenta um modelo de negócio all you can eat (tudo o que você puder consumir, em português).

A ideia é oferecer um amplo catálogo de filmes e séries 100% online com um sistema inteligente de recomendação de conteúdo para os assinantes. Atualmente, a estratégia da Netflix é aumentar seu conteúdo original — a meta é chegar a 50%.

Em relação aos preços, o plano mais básico para assistir em uma única tela sai por R$ 25,90.

Para ter o acesso premium em quatro telas com opção de HD (Alta Definição) e Ultra HD, é preciso desembolsar R$ 55,90 ao mês.

2. Amazon Prime Video

O Amazon Prime Vídeo ficou em segundo lugar na pesquisa da Finder no Brasil e se destaca pelo selo de qualidade Amazon em serviços digitais.

O catálogo é bastante semelhante ao da Netflix, e os filmes e séries também podem ser assistidos em apps para dispositivos móveis, computadores e smart TVs.

O grande diferencial do Amazon Prime Vídeo é que ele vem com vantagens exclusivas como frete grátis em compras na Amazon, acesso a mais de 2 milhões de músicas no Amazon Music e uma biblioteca de e-books na Amazon Prime Reading.

Além disso, o preço é muito mais acessível em relação ao maior concorrente: apenas R$ 9,90 ao mês.

3. Globoplay

O Globoplay é o serviço de streaming da Globo que possui cerca de 17 milhões de assinantes no país.

As regras são as mesmas da Netflix e Amazon Prime, mas o conteúdo é mais voltado para produções nacionais. O catálogo inclui novelas completas, séries internacionais e filmes, além de programas da Globo, Multishow e GNT.

No plano mais simples, a assinatura sai por R$ 19,90 ao mês durante um ano. No plano mais completo, o assinante paga R$ 84,90 ao mês para ter um combo de canais ao vivo + Premiere para assistir a jogos de futebol (e ainda tem acesso à plataforma de streaming musical Deezer por um ano).    

4. Disney+

A Disney+ é uma das plataformas de streaming que mais crescem no país.

Seu principal diferencial é que todos os filmes, séries e programas são produções originais da Disney, Pixar, Marvel, Star Wars e National Geographic.

O serviço pode ser acessado por smart TVs, computadores, smartphones, tablets e videogames.

A assinatura completa se chama Combo+ (Disney+ e Star+) e custa R$ 45,90, mas também é possível assinar somente os conteúdos Disney por R$ 27,90 ao mês.

5. HBO Max

O HBO Max é um serviço relativamente novo no Brasil que surgiu a partir da fusão entre o HBO Go e o HBO Now.

O catálogo traz séries de sucesso como "Game Of Thrones" e "True Detective", filmes produzidos pela Warner logo após o lançamento, séries de canais como "Adult Swim", além da transmissão de eventos esportivos.

Os preços dos planos variam conforme os dispositivos, período e número de telas:

  • Plano mobile (celulares e tablets): R$ 19,90/mês;
  • Plano multitelas (todos os dispositivos + 3 telas): R$ 27,90/mês.

Nos planos para 3 meses e 12 meses os valores saem com desconto.

6. Apple TV+

A Apple TV+ é o serviço de streaming da Apple que chegou ao Brasil em 2019.

O catálogo é composto por originais Apple com direito a séries premiadas, dramas, documentários, comédias e programas infantis.

A assinatura custa R$ 9,90 por mês, mas também é possível assinar o pacote de serviços Apple One (Apple TV+, Apple Music, Apple Arcade e iCloud) por R$ 25,60 ao mês.

7. Telecine Play

Para quem é fã de cinema, o Telecine Play é um prato cheio. O serviço de streaming inclui lançamentos exclusivos de filmes, séries originais e novelas diversas.

No plano mais básico, você paga R$ 37,90 para ter acesso a mais de 2 mil filmes e tem direito a 3 telas por vez, além de 5 perfis.

Também é possível assinar o Telecine Play em conjunto com a Globoplay em um combo de R$ 74,90 ao mês com todos os filmes + 19 canais ao vivo.

Um diferencial do Telecine é que o período de teste grátis é de 30 dias — e não 7 como na maioria dos serviços.

8. Mubi

Para quem prefere filmes selecionados, a Mubi é um serviço de streaming focado no cinema cult mundial.

O sistema é bem diferente dos outros serviços e sua biblioteca possui de 750 a 1 mil filmes escolhidos a dedo por especialistas. Cada longa fica na plataforma por 30 dias, ou seja, é uma proposta voltada à exclusividade.

A assinatura única custa R$ 27,90 ao mês no plano mensal ou R$ 16,90 ao mês no plano anual.

4 pacotes de TV por assinatura

Agora que você já viu opções de serviços de streaming, vamos aos pacotes de TV por assinatura para você comparar e analisar o que te interessa mais.

1. Claro TV

No ranking de TVs por assinatura da Anatel, a Claro é a mais assinada do Brasil, com 44,5% do mercado nacional e mais de 7 milhões de acessos.

Hoje a operadora oferece três planos principais:

  • Fácil HD: 120 canais básicos por R$ 59,99/mês;
  • Mix HD: mais de 234 canais (Warner, Sony, Foc, GNT, Discovery Home & Health, etc.) por R$ 109,99/mês;
  • Top 4K: mais de 270 canais (HBO, Star Hits, Discovery Kids, ESPN, etc.) por R$ 149,99/mês.

Em todos os planos, você tem acesso ao serviço de streaming NOW com séries e filmes.

Além disso, a Claro oferece pacotes de TV por assinatura + conteúdos especiais da HBO, Telecine e Premiere.

2. Sky

A Sky vem em segundo lugar no ranking das TVs por assinatura com 24,8% do mercado brasileiro.

A empresa oferece uma grande variedade de pacotes e também possui planos de TV pré-pagos, nos quais você pode carregar um valor para assistir aos canais temporariamente.

Confira os principais pacotes pós-pagos:

  • Easy HD: 135 canais (25 em HD) por R$ 99,90/mês (R$ 139,90 para 2 equipamentos);
  • Fun HD: 181 canais (64 em HD) por R$ 134,90/mês (R$ 164,80 para 2 equipamentos);
  • Mega HD: 198 canais (78 em HD) por R$ 149,90/mês (R$ 179,90 para 2 equipamentos).

Na modalidade pré-paga, é possível fazer uma recarga para ter acesso a 130 canais por 30 dias a partir de R$ 69,90.

3. Oi TV

A Oi leva o terceiro lugar entre as operadoras de TV por assinatura com 21,4% do mercado.

A empresa oferece o serviço de TV avulso, chamado Oi TV Livre HD, com os seguintes planos:

  • Start HD: 126 canais (28 em HD) por R$ 84,90/mês;
  • Mix HD: 168 canais (61 em HD) por R$ 114,90/mês;
  • Total HD: 190 canais (68 em HD) por R$ 134,90/mês.

 

Assim como a Sky, a empresa também trabalha com planos pré-pagos a partir de R$ 59,90 por um ano de canais básicos.

4. Vivo Play

Para fechar, a Vivo fica com o quarto lugar do mercado com 7,1% de participação.

Confira os pacotes Vivo Play:

  • Essencial HD: 44 canais pagos (42 em HD) por R$ 109,99/mês;
  • Avançado HD: 92 canais pagos (79 em HD) por R$ 149,99/mês;
  • Completo HD: 106 canais pagos (93 em HD) por R$ 269,99/mês.

 

Gostou do comparativo entre TV por assinatura ou streaming? Faça suas contas, veja o que se encaixa melhor ao seu hábito de consumo e escolha pelo formato de conteúdo mais adequado para você.

Sabia que na Neon é possível fazer a gestão dos seus pagamentos de serviços por assinatura usando o app? Entenda.

Conta para a gente nos comentários se você prefere os pacotes de TV ou plataformas de streaming!

ilustração neon mulher cuidando do dinheiro com app

Cuide bem do seu dinheiro. Experimente o app Neon!

download app neon android
download app neon ios

Comentários