Logo_neon-degrade
ABRA SUA CONTA

O que é PIB, como funciona e como ele impacta a sua vida?

Mariana Lima

Atualizado em 07 de dezembro de 2020

Você já deve ter ouvido falar nos telejornais: o “PIB do Brasil caiu” alguns porcentos. Mas o que é o PIB, para que serve esse índice, qual sua importância para a economia e como ele impacta sua vida?

Aqui vamos explicar tudo o que você precisa saber a respeito do assunto:

 

Continue lendo e tire todas as suas dúvidas sobre esse índice econômico tão presente no nosso dia a dia.

O que é PIB e por que ele é importante?

O Produto Interno Bruto (PIB) é usado para medir a atividade econômica de um determinado local, não necessariamente apenas um país.

Isso significa que quando o PIB cresce é sinal de que a economia do Brasil está indo de vento em popa, ao passo que, quando cai, é sinal de que a renda das empresas está menor e que, por consequência, teremos menos empregos e salários em queda.

Ou seja, o PIB é importante para se entender o crescimento econômico e também para comparar como um país, estado, município ou região está em relação ao outro. Além disso, a análise do PIB também permite identificar quais são os setores que estão impulsionando a economia e quais são pontos de atenção.

Outro termo que está relacionado ao PIB é a balança comercial. Entenda o que ela é, como ela é calculada e para que ela serve.

O que é o PIB per capita?

O cálculo do PIB per capita (ou PIB por pessoa) mostra quanto cada indivíduo teria do Produto Interno Bruto caso as riquezas fossem distribuídas igualmente, o que serve para indicar um parâmetro de padrão de vida do local.

Porém, isso é apenas um aspecto teórico, pois justamente não leva em consideração as discrepâncias na distribuição de renda.

Como é calculado o PIB?

Agora que você já sabe o que significa PIB é bom entender como ele é calculado. Quem faz o cálculo do PIB é o Instituto Brasileiro de Geografia e Estatística (IBGE). O órgão coleta os dados, estrutura em pesquisas e divulga para a imprensa.

Na prática, o IBGE soma todos os bens e serviços produzidos no Brasil durante um determinado período, o qual normalmente é um ano. E quando falamos de todos, são todos mesmo, desde o brigadeiro e o pãozinho que vendem na padaria da esquina da sua casa até os carros de luxo vendidos pelas grandes empresas.

Além disso, os produtos que são considerados no cálculo do PIB têm como referência o valor que chega para o consumidor, o que significa que os impostos sobre os bens e serviços também estão embutidos na conta.

Como funciona o PIB?

O principal fator que impacta o PIB é o consumo. Quanto mais as pessoas estão confiantes de que não perderão seus empregos ou outras fontes de renda estáveis, mais elas se sentem confortáveis para comprar. E, quanto mais compram, mais colocam dinheiro na economia do Brasil.

Funciona assim: Pedro está confiante de que está indo bem no trabalho e que a empresa está com perspectivas de crescer e, por isso, não está preocupado em perder o emprego. Assim, quando ele vai na padaria da Débora, ao invés de comprar só um pãozinho para tomar café da manhã, ele traz também queijos, presuntos e um bolinho.

Assim como o Pedro, outros clientes da Débora estão confiantes com a economia e estão comprando mais coisas. Com dinheiro a mais no caixa da padaria, a Débora contrata mais dois funcionários para atender a demanda. E é assim que o Rafael e a Jaqueline, que estavam desempregados, passam a ter um salário.

Agora que o Rafael e a Jaqueline têm fontes de rendas estáveis, eles também compram mais coisas. Seja roupas na loja do Ricardo ou contratam uma babá para cuidar do filho. O aumento do consumo dos dois impacta no negócio e na fonte de renda de outras pessoas.

Deu para entender o efeito em cascata?

O que faz as pessoas se sentirem mais confiantes?

Não é só o discurso do chefe que faz o Pedro ou qualquer outra pessoa acreditar na economia e gastar mais. Há outros fatores em jogo e muitos deles ligados à política e aos decretos dos governadores e do Presidente da República.

A principal medida do governo para estimular a confiança e o consumo é diminuir a Selic, taxa básica de juros do país que é referência para uma série de juros que você paga no dia a dia, como os bancários, os de investimentos, os de dívidas, dentre tantos outros.

Aqui você confere um artigo completo explicando o que é a Selic e para que ela serve.

Outra forma do governo estimular a economia está ligada aos gastos públicos. Se um presidente ou governador decide fazer uma obra que beneficia a população, por exemplo, ele indiretamente contrata novos funcionários e compra materiais de construção de lojas. Assim, promove um fluxo parecido com o do Pedro e da Débora citados no exemplo anteriormente.

As empresas que vendem produtos para fora do país (exportação) também ajudam no PIB, já que usam o dinheiro de compras feitas por estrangeiros para investir nas empresas no Brasil.

Qual a diferença entre PIB e PNB?

Você já sabe o que é PIB, mas também é importante entender o que significa PNB.

PNB é a sigla para Produto Nacional Bruto e corresponde ao valor de todos os bens e produtos produzidos em um país ao longo de um ano em território nacional ou não.

Assim, o PNB é a soma do PIB com a RLEE (Renda Líquida Enviada ao Exterior), que é a diferença entre quanto foi enviado ao exterior e quanto foi recebido de produção externa. Então, podemos dizer que PNB = PIB + RLEE.

Alguns países desenvolvidos têm o PNB maior que o PIB, o que não é o caso do Brasil, já que nossa RLEE é negativa pois enviamos mais bens para o exterior do que recebemos.

Você sabia que esses dois termos estão no nosso glossário financeiro? Conheça e tire suas dúvidas sobre inúmeros conceitos de finanças.

 

E aí, deu para entender um pouco mais sobre como funciona o PIB? Agora fique de olhos e ouvidos atentos quando sair uma notícia de que o PIB subiu ou desceu 😉

ilustração neon mulher cuidando do dinheiro com app

Cuide bem do seu dinheiro. Experimente o app Neon!

download app neon android
download app neon ios

Comentários