Logo_neon-degrade
ABRA SUA CONTA

O que é IOF, como funciona e quando é cobrado?

Time Neon

Ele sempre aparece na fatura do cartão de crédito quando você compra algo em uma moeda estrangeira. O IOF, ou Imposto sobre Operações Financeiras, está mais presente do que você imagina no seu dia a dia e, por isso, é bom conhecer um pouco mais sobre ele 😉

Além das compras em crédito fora do País, o IOF também aparece em alguns investimentos – quando você retira um aporte de Tesouro Direto antes da data prevista, por exemplo.

Esse tipo de imposto é cobrado tanto de Pessoa Física quanto de Pessoa Jurídica e tem como missão regular a economia do Brasil.

Quer entender melhor como ele funciona? Vamos te mostrar!

Como surgiu o IOF?

Essa taxa é considerada como uma forma de “regular” a economia do País. Isso porque ela foi criada em 1988 para evitar que pessoas façam aplicações e resgatem o dinheiro em poucos dias ou horas.

Em 1994, quando o IOF foi implementado, esse tipo de regulamentação fazia sentido porque a inflação estava descontrolada. Assim, o valor do dinheiro variava muito ao longo do dia e as pessoas tentavam proteger seus bens como dava.

Apesar de hoje estarmos com a economia mais estável, as regras não mudaram muito desde então.

Quando o IOF é cobrado?

Além dos exemplos já citados, o IOF é um imposto pago em operações como empréstimos, câmbio e seguros, além de investimentos mais robustos como ações na Bolsa de Valores e em fundos imobiliários.

Ele é cobrado todas as vezes que há uma operação de crédito em um período menor do que 30 dias. Seja em: compra em site internacional com o cartão de crédito, alguns tipos de empréstimos e resgates de investimentos, na contratação de um seguro ou no uso do cheque especial.

Nos investimentos

A relação de cobrança do IOF com investimentos está ligada ao tempo que o dinheiro está rendendo.

Se o valor for sacado de um investimento antes do fim do prazo, é necessário pagar IOF. Em casos de investimentos de renda fixa como CDB e Tesouro Direto, o pagamento acontece se essa retirada acontecer em menos de 30 dias a contar de quando o dinheiro foi investido.

Em compras feitas pelo cartão de crédito

Por que o IOF aparece em algumas compras e em outras não?

Compras feitas no Brasil, seja parceladas ou à vista no crédito, não têm cobrança de IOF. Mas as compras internacionais, feitas em outros países ou em sites estrangeiros, têm.

De modo geral, você pagaria uma taxa de 6,38% sobre o valor da compra só de IOF.

O cartão de crédito Neon tem bandeira Visa internacional. E você pode entender melhor como funciona a cobrança de taxas dele aqui.

 

Gostou de saber um pouco mais sobre o IOF? Conta pra gente nos comentários!

Leia mais:

+ Como funciona a aprovação do cartão de crédito na Neon

+ Como parcelar a sua fatura do cartão de crédito Neon

+ Como usar o cartão virtual da Neon em suas compras online?

Comentários