Logo_neon-degrade
ABRA SUA CONTA

Serasa Score: guia completo para não ficar com o nome sujo

Time Neon

Se você nunca foi o tipo mais organizado, quando o assunto é dinheiro e está com o nome sujo, esse post vai te ajudar.

O cartão de crédito estourado, pagamentos em atraso, contas que ficaram para trás, um empréstimo feito sem planejamento. Problemas tão comuns, que se não forem resolvidos logo, são dois palitos para qualquer um se afogar em dívidas.

Mesmo assim, o jeito mais fácil é empurrar as coisas com a barriga. Até que, num belo dia, você descobre que está com o nome sujo. Xi, que situação ruim, hein?

Você conhece alguém com o nome sujo na praça? Pois saiba que tem muita gente nessa situação.

Para dar uma ideia da dimensão, o número de brasileiros inadimplentes chegou a 63,4 milhões em agosto deste ano, segundo a Serasa Experian.

Pasme: esse número representa mais de 40% da população adulta brasileira!

Que o fato de você não estar sozinho nessa não sirva de consolo. A última coisa a pensar é se acomodar, simplesmente porque você tem tudo a perder.

Como os cuidados que tomamos com a nossa saúde, algumas atitudes são essenciais para manter as finanças saudáveis.

Ainda que você não tenha problemas com o seu CPF, é importante saber que algumas táticas não só evitam que o seu nome seja negativado, como aumentam as chances de conseguir mais crédito e melhores negociações com o banco, com as empresas, entre outras vantagens.

Para quem não ouviu falar no Score Serasa, o momento não podia ser melhor para conhecer. E é fácil entender.

Basicamente, toda a pessoa tem uma pontuação, que é calculada a partir dos hábitos financeiros. Como assim? Vamos te ajudar a entender melhor.

Qual é a minha pontuação no Score do Serasa?

Você é bom pagador? Mantém as contas sempre em dia? Evita usar o cheque especial? Faz uma boa gestão do cartão de crédito, ou seja, não fica pagando o mínimo da fatura? Pede poucos empréstimos, mas quando dá uma dor de barriga e precisa tomar crédito, consegue honrar com o pagamento da dívida?

Se respondeu sim à maioria dessas perguntas, com certeza você tem uma alta pontuação no Score do Serasa.

A parte interessante de tudo isso é que os bancos, as lojas e qualquer empresa que faça negócio com você, seja concedendo empréstimo ou crediário, só para dar um exemplo, vão usar como critério forte a sua pontuação.

Em outras palavras, quanto mais pontos, melhores as chances de negociar, comprar, financiar, ou mesmo o credor (banco, lojas etc.) aceitar negociar uma dívida sua.

Agora, tem o outro lado da moeda... Para as pessoas endividadas e com problemas com o CPF, o Score do Serasa será baixo. Esse é uma das consequências. Existem outras.

Por que é ruim ter o nome sujo?

Uma pauta para falar de algo importante: ter o CPF incluído na lista de inadimplentes dos birôs de crédito, como Serasa, SPC e Boa Vista SCPC, só traz aborrecimento.

Se precisar de qualquer coisa que exija comprovação de que você é um bom pagador, já sentirá na pele a dificuldade. Muito provavelmente, você não terá acesso ao serviço solicitado e, em certos casos, seu nome será recusado como garantia para fechar um negócio. Vamos a alguns exemplos:

  • Pedir um empréstimo ou financiamento;
  • Ser fiador de um parente ou amigo que gostaria de dar uma força;
  • Fazer o parcelamento de uma compra;
  • Solicitar ou renovar o cartão de crédito;
  • Solicitar ou pedir o aumento do cheque especial.

 

Viu como a vida fica mais difícil quando a inadimplência bate à porta? Pois é, então, é bom redobrar o cuidado na hora de pagar tudo em dia, né?

Como funciona o Score Serasa

Voltando ao score. Existe uma pontuação que vai de zero a 1.000. O banco ou outra instituição vai consultar o score, e fará a seguinte leitura:

Se você soma até 300 pontos, significa que você tem grande risco de inadimplência; entre 300 e 700 pontos, a situação não representa muito risco. E, entre 700 e 1.000, você é bom ou ótimo candidato à negociação proposta.

Para saber como está a sua situação, ou melhor, como o mercado vê a sua situação, você pode acessar o Score do Serasa, e conferir a pontuação.

Por sinal, é até uma boa medida fazer essa consulta de tempos em tempos para saber se tudo está em ordem com as suas finanças. Lembra daquele velho ditado “os números não mentem?”.

Ahh, tem uma coisa bem legal. Sabia que você pode aumentar o Score Serasa? Comece caprichando nos cuidados.

Ter as contas pagas sempre em dia é o mínimo. Se estiver com o nome negativado, procurar negociar com os credores é o jeito que geralmente dá certo. E mantenha os dados cadastrais atualizados.

Atualize o cadastro positivo

Assim como o nome fica negativado, você pode ter seu nome na lista de bons pagadores. É para isso que existe o Cadastro Positivo. E ele é muito importante na sua estratégia para aumentar as suas chances de crédito, de negociar a realização de um sonho, por exemplo.

Com o Cadastro Positivo, todo o seu histórico de bom pagador pode ser acessado pela Serasa ou outro birô de crédito. Na hora de calcular a sua pontuação, essas informações vão ajudar muito a aumentar o seu score.

A palavra atualização deve se transformar num verbo para a sua vida financeira. Atualizar o seu cadastro positivo Serasa vai dar aquele impulso para aumentar a pontuação do Score Serasa. Uma coisa está ligada a outra.

A elas, some as boas e velhas práticas para a vida: pagar as contas em dia; usar o cartão e o cheque especial com cuidado; assim como segurar o impulso de assumir compromissos que levam às dívidas são medidas básicas.

E mais: saber o quanto ganha e para onde vai o dinheiro, de quanto precisa para viver e para realizar algum projeto. Tudo isso se aprende. É questão de querer. E você não imagina a satisfação que dá ao abrir o Score do Serasa e ver uma pontuação alta!

É... Só quem já teve o nome sujo sabe 😅😉

Comentários