Logo_neon-degrade
ABRA SUA CONTA

Como usar uma planilha de gastos mensais para controlar o orçamento?

Murilo Oliveira

Atualizado em 14 de dezembro de 2021

Você não sabe como organizar o seu dinheiro e colocar suas finanças em dia? Que tal começar a controlar seus gastos e finanças pessoais com a planilha de gastos mensais que criamos especialmente para você?

o que é uma planilha gastos mensais

Uma das preocupações na Neon é te ajudar em seu controle financeiro pessoal e na sua educação financeira. A gente acredita que você pode correr atrás dos seus sonhos, basta um pouco de planejamento e organização.

Por exemplo: você sabe o valor exato do seu salário, incluindo os centavos? Lembrando que o que deve ser considerado aqui é o salário líquido, com os impostos já descontados.

Para quem ainda não controla as despesas do mês, a planilha é um ótimo começo. Baixe a sua agora mesmo! São duas versões, uma completa e outra simplificada, basta baixar a de sua preferência.

BAIXAR PLANILHA COMPLETA

BAIXAR PLANILHA SIMPLIFICADA

 

O que você vai ver neste guia?

Nós separamos um conteúdo completo sobre a planilha de gastos, mostrando a importância dela para o seu controle financeiro pessoal e em quais situações ela pode ser sua aliada.

Além disso, nós iremos te ajudar a entender o fluxo do seu dinheiro, hábitos de consumo, maneiras de organizar melhor as finanças pessoais, identificar suas despesas e ganhos, além de mostrar como começar a investir. Tudo para você controlar a vida financeira do jeito certo.

Caso você queira ir direto ao assunto do seu interesse, é só navegar pelos tópicos abaixo:

 

Preparado para colocar suas finanças em ordem e mudar a sua vida financeira? 

Continue lendo e veja tudo o que você precisa saber a respeito da nossa planilha de controle financeiro!

O que é uma planilha de gastos mensais? Como funciona?

A planilha de gastos é um caderno de despesas, onde você coloca tudo que ganha e que gasta durante o mês.

Os valores são somados pelo computador ou celular e, como um toque de mágica, você consegue ver para onde o seu dinheiro está indo. Simples, não é?

Como funciona uma planilha de gastos?

Com uma planilha de gastos é possível controlar tudo o que entra e o que sai da sua conta, descobrir para onde está indo o seu dinheiro e se organizar para as necessidades específicas de cada mês, permitindo que você realize sonhos e alcance objetivos.

Existem planilhas de gastos nos formatos manual e automático, assim como opções de preenchimento diário, quinzenal ou mensal. Nela você pode colocar não só os gastos pessoais, mas também familiares, da empresa e por aí vai.

Aqui explicamos como organizar o orçamento familiar e definir prioridades.

Lembrando que é importante ter uma planilha de controle financeiro para cada tipo de acompanhamento, ou seja, uma planilha para suas finanças pessoais e outra para a empresa, ok? 

Passo a passo a para começar a usar a planilha de gastos da Neon

Agora vamos te explicar como preencher a sua planilha de gastos mensais da Neon.

Com ela você poderá colocar tudo que entra e o que sai da sua conta, registrar as datas das movimentações, inserir os investimentos que você faz, quanto eles rendem no fim do mês e muito mais!

Tudo de maneira simples, com gráficos, fácil de manusear e que te permitirá controlar as suas finanças e ter cada vez mais poder sobre o seu dinheiro.

Ao todo, você poderá baixar quatro planilhas de gastos:

  • a completa modelo: ótima opção para você entender detalhadamente tudo que o material pode te oferecer;
  • a completa vazia: para você preencher todos os seus registros desde o começo;
  • a simplificada modelo;
  • a simplificada vazia.

 

A planilha de gastos completa permitirá que você distribua e controle as suas finanças a partir do método do pote, uma ótima maneira de organizar as despesas e juntar dinheiro.

Além disso, a planilha de gastos completa possui uma aba que analisa todos os seus gastos, mostra com mais detalhes para onde o seu dinheiro está indo, compara as suas finanças atuais com a divisão ideal que o método do pote sugere e ainda oferece conteúdos do nosso blog para melhorar o seu controle financeiro.

🚨 IMPORTANTE! Na planilha completa você deve inserir os seus gastos no livro de registros. Caso tente preencher as abas mensais, aparecerá um aviso que a planilha está protegida. Não se preocupe, é assim mesmo: use apenas a aba do livro de registros. 🚨

Já a planilha de gastos simplificada não possui a opção de seguir o método do pote e não inclui a aba de análise das suas finanças, mas, assim como a planilha completa, mostra os seus gastos mensais e anuais de maneira bastante simples e ilustrativa.

A seguir, vamos mostrar em mais detalhes cada uma das planilhas para você.

Planilha de gastos completa

Começando pela planilha de gastos completa, o GIF abaixo mostra um pouquinho como ela é e o que ela oferece:

planilha-gastos-inicio

Na aba de configurações, você irá colocar o seu saldo inicial, o mês referente a ele, além de escolher o tipo de meta que prefere — manual ou automática.

Se você escolher a meta automática, o método do pote será utilizado para distribuir os seus gastos.

Se escolher a meta manual, você poderá optar por seguir ou não a divisão sugerida.

planilha-gastos-configuracao

Chegamos então na aba que corresponde ao livro de registros.

Nela você irá colocar todas as suas movimentações financeiras, registrar se o dinheiro entrou ou saiu da sua conta, qual o tipo de movimentação, a categoria em que ela se enquadra, além do valor, formato, descrição e data.

Tudo completo e fácil de preencher.

planilha-gastos-registro

Depois que todos os seus registros foram inseridos, você pode navegar pelas abas de 1 a 12, correspondentes aos meses do ano.

Aqui vale uma explicação: no livro de registros você vai encontrar duas colunas:

  • data de registro: é a real data em que houver uma mudança no seu orçamento;
  • data de movimentação: essa data serve apenas para planejamento e seu preenchimento não é obrigatório. Por exemplo, você pode colocar que em 2 meses fará um investimento no CDB, mas a planilha também funcionará sem essa informação.

 

planilha-gastos-navegacao

E também explorar todos os seus ganhos, gastos e investimentos de cada mês.

planilha-gastos-analise-mensal

Para ter uma visão anual do que foi registrado, basta clicar na aba “Anual” e conferir como a sua planilha de controle financeiro pessoal ficou distribuída ao longo do ano.

planilha-gastos-analise-anual

Por fim, temos a aba "Radar", representada pelo símbolo de um gráfico na última aba da planilha e por uma marca de digital na parte superior do lado direito nas abas mensais e anual.

Nela você conseguirá analisar todos os seus resultados financeiros e poderá comparar o seu planejamento financeiro com o desafio do pote, sendo essa uma ótima chance para balancear as suas finanças.

planilha-gastos-radar

Além disso, nela você também poderá receber dicas e sugestões de artigos para melhorar as receitas, investimentos, reservas e diminuir os gastos.

planilha-gastos-radar-ajuda

 

Para reforçar e não ter dúvidas: na planilha de gastos completa você deve usar o livro de registros para inserir todas as suas movimentações financeiras. 

Os cálculos serão feitos automaticamente nas respectivas abas dos meses, então você não precisará se preocupar em preenchê-las. 

Inclusive, apenas o livro de registros é editável; as abas mensais servem só para visualização.

Planilha de gastos simplificada

Você também pode baixar a planilha de gastos simplificada.

Mesmo não possuindo todas as funcionalidades da planilha de gastos completa, você consegue acompanhar para onde o seu dinheiro está indo e controlar as suas finanças mensais.

A tela inicial é mais simplificada e não possui a opção para escolher o tipo de meta:

planilha-gastos-configuracao-simplificada

Os registros de suas movimentações financeiras podem ser inseridos diretamente nas abas mensais.

Ou seja, essa é a principal diferença para a planilha de gastos completa: aqui você pode inserir os valores das suas movimentações diretamente nas abas mensais, pois não há um livro de registros. 

Além disso, na planilha simplificada a visão anual de seus gastos é bastante parecida com a opção da planilha completa.

planilha-gastos-registro-simplificada

Vale destacar que a planilha simplificada não tem a visão de radar, como é o caso da planilha completa.

O que achou das planilhas? Agora é só baixar a sua gratuitamente, começar a usar e ter acesso a todas essas funcionalidades!

BAIXAR PLANILHA COMPLETA

BAIXAR PLANILHA SIMPLIFICADA

Anotando todas as suas movimentações orçamentárias em uma planilha de controle financeiro, fica muito mais fácil acompanhar o seu orçamento e conseguir juntar o dinheiro necessário para realizar os seus sonhos!

6 dúvidas que você pode ter a respeito da planilha de controle financeiro

1. Como organizar a planilha de gastos?

Após começar a usar a planilha de gastos mensais, algumas dúvidas surgirão e é super normal. Por isso, você precisa analisar quais são as suas necessidades e o que está buscando com o uso da planilha.

Por exemplo: você possui salário fixo? Mora sozinho ou divide um lugar com amigos ou familiares? Quais são suas despesas fixas com moradia? Ou então quais gastos você quer diminuir? Precisa separar um pouco de dinheiro para pagar um curso ou começar a investir?

Essas são apenas algumas perguntas que você pode se fazer para conseguir organizar a planilha de gastos pessoais da maneira que melhor se encaixar aos seus objetivos.

Além disso, não se esqueça de registrar todas as suas despesas fixas, pois são elas que precisam vir primeiro na hora de preencher os seus gastos.

2. Apareceu uma mensagem que a planilha está protegida, o que eu faço?

Caso você baixe a planilha de gastos completa e tente preencher as respectivas abas de cada mês, aparecerá uma mensagem que a planilha está protegida. 

Isso acontece porque esse modelo foi feito para você usar o livro de registros para fazer todas as anotações das movimentações em seu orçamento.

Assim, os cálculos são feitos automaticamente e, ao clicar na aba do mês, você verá que o valor aparecerá ali já no campo certo.

Ou seja, é normal ter esse alerta, mas ainda assim você pode usar sua planilha sem nenhum problema, basta preencher o livro de registros.

3. Com que frequência preciso atualizar e analisar a planilha de controle de gastos?

Após anotar, mapear e somar o que entra e o que sai da sua conta usando a planilha, chegou a hora de avaliar qual a frequência ideal para você atualizar os dados nela.

Essa é uma etapa que depende bastante da sua organização, envolve as datas de pagamento de suas despesas e em qual ou quais dias você recebe o seu dinheiro.

Para facilitar o acompanhamento dos seus gastos e melhorar o controle das finanças, você pode olhar a planilha toda semana e, caso necessário, atualizar algum dado.

Mas também pode ser a cada 15 dias ou mensalmente. Não existe um prazo ideal, você deve fazer alguns testes e identificar o intervalo de tempo que melhor se encaixa na sua rotina para manter as suas finanças sob controle.

como uma planilha gastos mensais pode ajudar a controlar as finanças

O nosso conselho é que você faça uma análise pelo menos antes de virar o mês ou receber seu salário.

Caso os seus gastos não estejam de acordo com o planejamento financeiro que montou, é hora de ajustar as finanças para corrigir os deslizes e melhorar os resultados para o próximo mês.

4. Como personalizar a planilha para a minha necessidade?

Adaptar a planilha de controle financeiro para a sua necessidade é um dos principais fatores de sucesso em seu planejamento financeiro.

Por isso, se você está buscando controlar o orçamento financeiro pessoal, familiar, da sua empresa ou até para planejar uma viagem, basta seguir todos as dicas que mostramos ao longo do artigo.

Depois, é só baixar um dos modelos de planilha de gastos que elaboramos para você e pedir sugestões de novos modelos ou adaptações em nossas planilhas. Queremos tornar a sua experiência cada vez melhor. 😉

5. Comecei a usar a planilha, qual é o próximo passo?

Agora que você deu esse importante passo para cuidar cada vez melhor do seu dinheiro, que tal começar a economizar?  Com o Desafio das 52 Semanas você cria o hábito de poupar aos poucos toda semana.

Você pode começar com apenas R$ 1 e no fim de um ano terá dinheiro suficiente para realizar um sonho.

Quer entrar nesse desafio? É de graça! Clicando no botão abaixo você pode baixar o seu kit gratuito completo com tabela, planilha e guia que para te ajudar a poupar toda semana com muito mais facilidade.

COMEÇAR O DESAFIO 52 SEMANAS

6. Por que começar a organizar as finanças no Excel ou Google Sheets?

Agora vamos falar um pouco sobre os principais aplicativos que você pode usar para fazer ou baixar uma planilha de controle financeiro pessoal: o Excel e o Google Sheets.

Esses são os dois melhores aplicativos que você pode encontrar quando o assunto é usar planilhas para organizar as finanças. São completos, fáceis de usar e você consegue encontrar muitas dicas sobre eles na internet. 

Inclusive, fizemos um artigo com 9 dicas de cursos de Excel gratuitos para dominar as planilhas, dá uma olhada.

Além disso, essas ferramentas não precisam de instalação para serem utilizadas, pois tudo fica online e o acesso é super fácil.

E mais: as duas possuem praticamente as mesmas fórmulas e características, e você pode fazer diversas tabelas, gráficos e cálculos em ambas.

Para quem a planilha de gastos pessoais se destina?

Quem quer sair do vermelho

O fim do mês ainda nem chegou e seu salário já era? Ou então você começa o mês precisando pagar dívidas atrasadas?

Se a sua resposta foi sim para alguma das perguntas acima, a planilha de gastos é para você!

Quem quer economizar

Se você acompanha o blog Foca no Dinheiro, provavelmente já leu nossas dicas de como economizar nas compras do dia a dia, seja no supermercado, nas roupas e mimos ou até na gasolina para o trabalho.

Bom, tudo isso não só pode como deve ser inserido na sua planilha de gastos mensais, afinal, quem quer economizar precisa saber para onde o dinheiro está indo.

Quem quer controlar os gastos

Sem ter um bom controle de gastos mensais, dificilmente você conseguirá organizar suas finanças para poupar dinheiro, criar uma reserva de emergência, realizar investimentos e alcançar os objetivos que tanto deseja.

Por isso a planilha de controle de gastos é importante para você! E de maneira simples você conseguirá dominar o seu dinheiro.

Falando em reserva de emergência, confira no vídeo abaixo como montar uma: 

Quem quer investir

Antes de começar a investir é preciso poupar dinheiro. E acredite, isso pode ser mais fácil do que parece.

Colocando todas as suas entradas e saídas de dinheiro na planilha de gastos pessoais, você conseguirá enxergar quais categorias contribuem ou precisam de atenção para melhorar seu controle financeiro pessoal.

Dessa forma, ficará mais fácil reservar uma graninha todo mês para dar os primeiros passos no mundo dos investimentos.

A importância de fazer o controle financeiro pessoal do jeito certo

Otimizar como você controla as suas finanças

Existem diversas maneiras de controlar os gastos e o orçamento financeiro pessoal ou familiar. Há quem goste de pegar um caderno e anotar tudo nele ou então registrar as movimentações no bloco de notas do celular.

E está tudo bem! Se você consegue controlar tudo que entra e que sai da sua conta pelo caderno, anotações no celular ou de outras formas, está no caminho certo.

Mas saiba que sempre pode melhorar e a planilha de gastos foi feita para isso.

Por outro lado, se você ainda não encontrou uma maneira de controlar as finanças, não existe melhor hora para começar.

Entender melhor o fluxo do seu dinheiro

Em qual dia útil o seu dinheiro entra na conta? Quando vence a fatura do seu cartão de crédito? Os boletos de água e luz precisam ser pagos até qual dia?

São diferentes datas que precisamos controlar para entender o fluxo do dinheiro e não deixar nada para trás.

importância da planilha gastos mensais

Além disso, depois que as contas são pagas, é possível saber se a sua renda está sendo suficiente para arcar com as despesas do mês e ainda sobrar um pouco de dinheiro.

Porém, se você termina no zero a zero (gasta tudo que ganha) ou então se as despesas são maiores que seus ganhos e o mês termina no negativo, é preciso reverter esse cenário imediatamente.

Ter mais clareza sobre seus hábitos de consumo

Com hábitos de consumo corretos é possível diminuir gastos, controlar o dinheiro, lucrar com rendimentos e alcançar objetivos.

Em um primeiro momento parece algo fora da realidade, mas não é e não existe segredo. Para colocar em prática bons hábitos de consumo é preciso ter controle financeiro.

Com a planilha de controle de gastos você conseguirá controlar as suas finanças, descobrir quais hábitos de consumo precisam ser mudados ou colocados em prática no seu dia a dia.

Aqui você confere um artigo sobre como se manter focado na sua organização financeira pessoal e mudar hábitos.

Organizar melhor as suas finanças pessoais

Você sabe para onde o seu dinheiro está indo todo mês? A resposta para essa pergunta é um dos pilares para você controlar os gastos e ter controle financeiro.

 

baixar ebook organização financeira do zero

 

Para entender o caminho do seu dinheiro é necessário identificar quanto você ganha (valor do salário líquido) e o quanto você gasta (despesas totais).

Tipo de ganhos

Identifique de onde vem o seu dinheiro. Isso depende se você é assalariado, trabalhador informal, CLT, estagiário, recebe pensão ou é autônomo, por exemplo.

Do valor que recebe, é preciso considerar a quantia após todos os descontos obrigatórios (INSS, IRRF), para então chegar no valor real disponível para você.

Tipos de despesas

Existem dois tipos de despesas: as fixas e as variáveis.

Despesas fixas

As despesas fixas são os gastos que você possui praticamente todo mês. Elas podem variar, mas precisam ser pagas independentemente da situação em que você se encontra.

Como principais exemplos podemos citar o aluguel da sua moradia, assinatura de TV/internet, a mensalidade da faculdade ou escola, academia, parcela de financiamentos e empréstimos, e impostos como IPTU e IPVA.

Para saber quais são as suas despesas fixas, você precisa reunir as contas pagas dos últimos meses e identificar quais foram os gastos recorrentes, ou seja, aqueles que você pagou em todo o período analisado.

Você também pode dividir as despesas fixas em essenciais e supérfluas.

Alguns exemplos:

  • despesas fixas essenciais: aluguel, financiamentos e empréstimos, mensalidade da escola/faculdade, seguro do carro;
  • despesas fixas supérfluas: academia, cinema, assinatura de serviços online.

 

Veja aqui o que são gastos supérfluos e como cortar o que é desnecessário.

Despesas variáveis

As despesas variáveis, por sua vez, correspondem aos gastos que variam de acordo com a quantidade que você consome deles. Despesas como água, luz, telefone, combustível, alimentação, gás, lazer e roupas, por exemplo, podem ser consideradas variáveis.

Esse tipo de despesa pode ser reduzida ou melhor organizada por você e, acredite, pode fazer uma boa diferenças em suas contas no fim do mês.

Categorizar as despesas com mais facilidade

Ao identificar para onde vai o seu dinheiro, você consegue controlar a sua vida financeira e ajustar os seus gastos de acordo com as condições em que se encontra.

Por exemplo, se você está passando por um momento financeiro delicado e precisa cortar gastos, basta encontrar as categorias das despesas que mais consomem seu dinheiro ou que não são essenciais e diminuir o consumo desses serviços.

Como principais categorias de despesas, podemos citar:

  • moradia;
  • alimentação;
  • transporte;
  • saúde;
  • educação;
  • lazer;
  • vestuário;
  • cuidados pessoais.

 

Realizar essa tarefa pode ser mais fácil do que você imagina, ainda mais se usarmos a tecnologia como aliada.

No app Neon, por exemplo, você encontra o Saldo Inteligente, uma funcionalidade que categoriza as compras e pagamentos feitos na sua conta e que está disponível gratuitamente para todos os clientes. O próprio aplicativo faz isso automaticamente!

Após categorizar todos os gastos mensais que você identificou e quanto exatamente ganha por mês, chegou a hora de colocar tudo em um só lugar para controlar as finanças.

E a planilha de controle de gastos é capaz de fazer tudo isso para você!

6 vantagens de ter uma planilha de gastos mensais

Ao longo do texto, você já deve ter identificado algumas das vantagens de ter uma planilha de gastos pessoais para ajudar no seu controle financeiro pessoal.

Dentre elas, está o fato de trazer equilíbrio para suas finanças, reduzir custos, entender para onde está indo o seu dinheiro, sair das dívidas e até guardar mais dinheiro para alcançar seus objetivos.

E não para por aí: vale a pena destacar mais vantagens que essa ferramenta possui e como ela pode te ajudar para você dominar de vez o seu dinheiro.

6 vantagens de ter uma planilha gastos mensais

Veja a seguir os detalhes de cada uma das vantagens.

1. Ocupa pouco tempo do seu dia

Com poucos minutos na semana você consegue atualizar a planilha, adicionando novas informações, enquanto acompanha o andamento das metas e objetivos mensais.

2. Simples de usar

Mesmo que você se considere aquele tipo de pessoa que não entende nada de tecnologia, pode ficar tranquilo: preencher uma planilha de controle financeiro é muito simples e intuitivo.

3. Planilha 100% grátis

Você não precisa gastar nada para fazer uma planilha nem para baixar a que elaboramos especialmente para você.

Também não tem que gastar dinheiro com alguma ferramenta ou especialistas em finanças pessoais para te ajudar nisso.

4. A planilha faz as contas para você

Chega de ficar fazendo contas de cabeça, conferindo os resultados na calculadora: deixe o trabalho duro para a planilha. Você só precisa preencher as informações e ela faz todo o resto.

5. Reduz os espaços

Pilhas de papel nunca mais. Você não precisa ter várias pastas para controlar tudo que entrou e saiu da sua conta, e ficar alimentando elas com folhas e folhas de anotações.

Com a planilha de gastos pessoais tudo fica armazenado online, no seu celular ou computador.

6. Segurança

Você não corre o perigo de perder as informações que adicionou ou então ter que se lembrar do lugar onde guardou o caderno com os gastos do mês. Tudo fica salvo com total segurança e facilidade.

6 dicas para você reduzir suas despesas e controlar melhor seu orçamento

1. Mantenha o controle dos seus gastos

Chegar ao final do mês com as contas em dia e fazer o controle correto dos gastos não é fácil no começo, e foco e disciplina são necessários para isso.

Portanto, é muito importante que você conheça todos os seus gastos e se programe para tentar separar uma quantia mensal caso algum imprevisto apareça.

Além disso, respirar fundo e controlar as emoções para não comprar mais do que deveria são atitudes fundamentais para você manter o controle de seus gastos.

Aqui você confere 7 dicas de como evitar o consumismo e as compras por ansiedade.

2. Identifique oportunidades para reduzir gastos

Sempre é uma boa hora para você revisar suas despesas, analisar para onde o seu dinheiro está indo e encontrar oportunidades para reduzir gastos. O melhor é que tudo isso pode ser feito em sua planilha de controle financeiro.

Até porque gastar menos não significa necessariamente deixar de comprar algo que você gostaria de ter. Aliás, todos nós precisamos nos presentar ou fazer umas comprinhas de vez em quando, não é mesmo?

Mas, antes de sair comprando qualquer coisa, compare preços, procure por cupons de desconto, veja quais lojas têm cashback, compre produtos usados, e participe de aplicativos e sites de compras coletivas, por exemplo.

E tem mais: existem diversas taxas que pagamos no dia a dia, mas que ao final do mês nos impedem de guardar dinheiro ou aplicar em investimentos.

Para te dar um exemplo, segundo pesquisa realizada em 2019 pelo Guiabolso, os brasileiros gastam, em média, R$ 915 por ano apenas com tarifas de manutenção da conta corrente e do cartão de crédito.

Imagine se você pudesse economizar toda essa grana e começar a montar uma reserva financeira, investir seu dinheiro e realizar seus sonhos, não é mesmo?

Na Neon você pode! Não cobramos nada para abrir e manter a sua conta, nem qualquer anuidade ou mensalidade do cartão de crédito, e também te livramos das tarifas de transferência e depósito. 💙

3. Controle parcelas e dívidas

Com a planilha financeira, fica mais fácil controlar as parcelas do seu cartão de crédito, empréstimo pessoal, financiamento ou dívidas.

Você consegue enxergar todas as suas despesas, se planejar para quitar as dívidas e sair do vermelho.

Outra dica importante é você checar qual é o Custo Efetivo Total (CET) dos seus empréstimos e financiamentos para analisar se é possível renegociar as taxas das suas dívidas e diminuir o valor gasto com elas. 

Veja aqui o que é CET e qual sua relação com financiamentos e empréstimos.

4. Estude e aprenda sobre finanças

Buscar cada vez mais conhecimento é essencial para você se aprimorar e controlar melhor as suas finanças. Foque nos estudos, leia livros, ouça podcasts, aproveite para fazer cursos e conhecer mais sobre você e seu perfil de investidor.

Aprenda também sobre quais opções disponíveis no mercado fazem mais sentido para os seus objetivos de curto, médio e longo prazo.

O fato é que a planilha de controle financeiro pessoal é apenas a porta de entrada para você começar a ter mais poder sobre o seu dinheiro. 

5. Monte um planejamento financeiro para os próximos meses

Fazer um planejamento financeiro pode ser um desafio capaz de nos tirar da zona de conforto e isso é bom, acredite!

Grande parte dos nossos objetivos são alcançados quando começamos a mudar alguns hábitos que não fazem bem para o nosso bolso.

Por isso, realizar um planejamento financeiro para os próximos seis meses ou um ano, por exemplo, caminha no mesmo sentido.

Então, é importante estabelecer metas para as suas finanças, não apenas para o próximo mês, mas para os próximos três meses, seis meses, um ano ou mais!

Veja aqui como fazer um planejamento de metas de curto, médio e longo prazo.

Pode ser um pouco complicado no começo, mas, após dar o primeiro passo e seguir atualizando e analisando a sua planilha de controle de gastos regularmente, você conseguirá enxergar a linha de chegada para a realização de seus objetivos.

O importante é ir aos poucos e não desistir no primeiro tropeço!

6. Faça o seu dinheiro render com investimentos

Se você já usa alguma das planilhas de gastos que elaboramos e está participando do Desafio das 52 Semanas, que tal começar a fazer o seu dinheiro trabalhar para você?

Antes disso, é importante que você saiba como começar a investir. Para te ajudar, abaixo elencamos alguns artigos que podem te ajudar:

 

Já adiantamos que com a Neon é muito fácil começar a investir! Clientes Neon têm a facilidade de comprar o CDB Neon a partir de R$ 10 em poucos cliques no app.

Esse é um investimento seguro que rende mais do que a poupança e tem liquidez diária, o que significa que dá para sacar o valor a qualquer momento que você precisar!

Saiba mais sobre como funciona o investimento Neon em CDB e como investir.

Como inserir o investimento na planilha de gastos?

Para inserir os seus investimentos na planilha de gastos da Neon é muito fácil.

Basta clicar na aba correspondente ao livro de registros e preencher todas as informações a respeito do seu investimento, como mostra o GIF abaixo:

planilha-gastos-investimento

Em alguns passos você consegue anotar todos os seus investimentos e acompanhá-los com muito mais facilidade usando a planilha de gastos! 

Lembrando que todos os cálculos são feitos automaticamente e você não precisa se preocupar com isso.

Está esperando o que para baixar a sua planilha financeira e dominar suas finanças?

BAIXAR PLANILHA COMPLETA

BAIXAR PLANILHA SIMPLIFICADA

 

O que achou das informações sobre a nossa planilha de gastos mensais? Conta para a gente nos comentários se você já baixou e começou a usar a sua!

ilustração neon mulher cuidando do dinheiro com app

Cuide bem do seu dinheiro. Experimente o app Neon!

download app neon android
download app neon ios

Comentários