Logo_neon-degrade
ABRA SUA CONTA

O que fazer no tempo livre para se divertir sem gastar muito dinheiro

Time Neon

Se você tem dificuldade de encontrar o que fazer no tempo livre sem gastar demais e acaba estourando o orçamento, está na hora de rever seus conceitos e pensar em formas de lazer que não envolvam consumo.

O segredo é dar mais valor para experiências e momentos com as pessoas que você gosta, e menos para os passeios caros. Então, se você quer escolher melhor o que fazer no tempo livre e aliviar seu bolso, temos muitas dicas para ajudar.

Continue lendo e veja como é possível aproveitar o dia gastando pouco.

Como escolher o que fazer no tempo livre

Escolher o que fazer no tempo livre é uma decisão que impacta diretamente a saúde do seu bolso. É só pensar em como aqueles gastos com viagens, restaurantes, shows, passeios no shopping e até o bar com os amigos acabam pesando no orçamento no fim do mês e desequilibrando suas contas.

Se você se identifica com isso, é provável que esteja gastando mais do que deveria e deixando de aproveitar experiências que não dependem de dinheiro.

Mas isso não significa, nem de longe, que você não deva investir no seu entretenimento. Pelo contrário: o lazer também deve ser uma prioridade, pois faz parte de uma vida equilibrada e contribui com sua saúde física, mental e social.

O que você precisa colocar na cabeça é que diversão não é sinônimo de consumo. Aliás, se você só consegue aproveitar o tempo livre gastando, a consequência pode ser o endividamento e a dificuldade para alcançar seus objetivos financeiros — um preço muito alto a se pagar por alguns momentos de irresponsabilidade.

Dá para aproveitar o tempo livre sem gastar muito?

Sim, é possível aproveitar seu tempo livre gastando pouco e conciliar o lazer com a saúde financeira. Você só precisa pensar em atividades que não giram em torno do consumo e usar a criatividade para viver novas experiências.

O que acontece é que nós somos estimulados a comprar o tempo todo e a satisfazer nossos desejos por meio de produtos e serviços. Além disso, enxergamos as compras como uma “recompensa” merecida pelo trabalho duro da semana.

Tudo bem se planejar e comprar o que você quer de acordo com seu orçamento, mas você não precisa torrar dinheiro para se divertir no seu tempo livre.

De repente, pode ser mais satisfatório para a mente e para o bolso aproveitar um piquenique com pessoas queridas em um dia de sol do que almoçar em um restaurante caro e sair para ver vitrines. Já pensou nisso?

Importância de incluir o tempo livre no planejamento financeiro

Decidir o que fazer no tempo livre também é uma questão de planejamento financeiro. Da mesma forma que você se planeja para pagar o aluguel, as contas e o supermercado todo mês, também precisa colocar os gastos com lazer no seu orçamento. Do contrário, você pode acabar ultrapassando o limite e terminando o mês no vermelho por falta de moderação nos momentos de folga.

Já conhece nossa planilha de gastos gratuita para controle financeiro pessoal e familiar? Você pode baixá-la gratuitamente aqui.

Então, se você está tendo que apertar o cinto ou quer manter o controle sobre os gastos com lazer, é importante escolher melhor o que fazer no tempo livre e buscar reduzir custos sem prejudicar sua qualidade de vida.

7 dicas do que fazer no seu tempo livre gastando pouco

Se você não sabe muito bem o que fazer no seu tempo livre sem gastar muito dinheiro, temos algumas dicas para ajudar.

Veja como se divertir sem comprometer o orçamento.

1. Conheça os parques da sua cidade

Que tal começar a frequentar parques e fazer um tour pelas áreas verdes da sua cidade? Você pode marcar um piquenique com a família, correr, andar de bicicleta, se divertir com seu pet, fazer trilhas, participar de eventos e exposições gratuitas, entre outras atividades que os parques oferecem.

Com certeza um dia ao ar livre ao lado de quem você gosta será ótimo para relaxar — e muito mais barato do que outros programas na cidade.

2. Coloque a leitura em dia

Ler um bom livro é uma das melhores formas de passar seu tempo livre, seja para se entreter com um romance, se capacitar com livros da sua profissão ou se inspirar com poesia.

Para tornar esse momento ainda mais econômico, você pode recorrer àqueles livros que estão encostados na sua estante esperando para serem lidos há tempos.

Outra opção para economizar é trocar livros com seus amigos ou comprar exemplares usados em sebos físicos ou virtuais.

3. Crie algo com suas próprias mãos

Uma das atividades mais imersivas e satisfatórias é poder criar algo com suas próprias mãos.

Na internet, você encontra uma imensidão de conteúdos com ideias de artesanato e DIY (Do It Yourself, ou “faça você mesmo”) para expressar sua criatividade gastando pouco.

Você pode se dedicar à pintura, crochê, jardinagem, escultura, xilogravura, bordado, biscuit, confecção de bijuterias, e o que mais inspirar você a colocar as mãos na massa.

Para completar, o novo hobby ainda pode gerar um dinheiro extra no fim do mês.

4. Traga o “rolê” para dentro de casa

Se a conta do barzinho, restaurante e casa noturna está saindo muito cara, a alternativa é trazer esses programas para dentro da sua casa.

Assim, você pode economizar com os preparativos, escolher as músicas que quer ouvir e ainda tem a opção de pedir para cada um levar algo (bebida, comida, jogos, etc.) para ajudar no evento.

No máximo, você vai ter algum trabalho para organizar tudo depois, mas com certeza vai ser mais leve para o bolso.

5. Procure eventos gratuitos

Para quem mora em médias e grandes cidades, não faltam eventos gratuitos e de baixo custo para curtir o fim de semana.

O site Catraca Livre ficou famoso por divulgar a agenda de filmes, espetáculos, shows e outros eventos gratuitos pelo Brasil, por exemplo.

Além disso, se você é sócio do Sesc, também conta com várias atrações com entrada livre ou preços baixos durante toda a semana.

6. Divirta-se sem sair de casa

Programas como assistir Netflix em casa com uma pipoca, assistir a lives, séries e filmes em boa companhia e fazer um jantar diferente, por exemplo, continuam valendo para você economizar dinheiro e se divertir.

Sabia que você pode usar o cartão virtual da Neon para pagar a Netflix? Veja aqui como fazer.

O importante é estar rodeado de pessoas que você gosta e compartilhando suas séries, músicas e comidas preferidas com elas. E claro, sempre sai mais barato do que gastar fora de casa.

7. Aposte em jogos

Os jogos estão entre as melhores formas de entretenimento em grupo e não costumam pesar no bolso.

Se você tem um videogame, por exemplo, pode chamar o pessoal para um campeonato de FIFA, Mario Kart, Street Fighter e outros jogos multiplayer.

Para um encontro mais nostálgico, que tal relembrar os jogos de tabuleiro como War, Catan e Banco Imobiliário?

Você ainda pode apostar no bom e velho baralho e marcar a noite do pôquer e do truco — mas não vale apostar muito dinheiro e acabar no prejuízo, hein?

 

E agora, está mais inspirado para escolher o que fazer no seu tempo livre? Então aproveite os comentários para compartilhar suas ideias de diversão gastando pouco.

 

Leia também:

+ Está difícil controlar a fatura do cartão de crédito? Veja 8 dicas da Neon

+ Veja como economizar no supermercado com 10 dicas práticas

+ Organização financeira pessoal: como se manter focado e mudar hábitos

Comentários