Logo_neon-degrade
ABRA SUA CONTA

R$ 200: Por que o Banco Central vai lançar uma nova nota agora?

Mariana Lima

Na última semana, o Banco Central anunciou uma novidade que deixou todo mundo surpreso: até o fim do ano, o Brasil vai ter uma nova cédula circulando, a nota de R$ 200!

Foi há 18 anos a última vez que o Brasil lançou uma nova nota, à época, as de R$ 2 e R$ 20. Desde então, o governo apenas tinha tirado cédulas de circulação, como foi o caso da nota de R$ 1.

O anúncio da nova nota pegou todo mundo de surpresa. Por que isso agora? É sinal de inflação? O que vamos perder e ganhar tendo uma nova nota de R$ 200 circulando por aí?

Por que uma nota de R$ 200 agora?

De acordo com o Banco Central, por conta da crise do novo coronavírus o brasileiro passou a guardar mais dinheiro em casa. A nova nota com maior valor diminuiria o número de notas guardadas em casa.

Outra justificativa é a quantidade de notas de R$ 100 e R$ 50 que a Casa da Moeda passou a emitir depois que o governo começou a liberar o auxílio emergencial durante a pandemia.

O governo anunciou que a nova moeda ajudaria no pagamento, apesar de ter confirmado que não pretende pagar novas parcelas do benefício além das que já foram anunciadas.

Quem aprova a criação de uma nova moeda?

A criação da nova moeda passa pelo Conselho Monetário Nacional (CMN), ligado ao Banco Central.

A ideia é levada para votação em uma sessão do conselho. Nesse caso, foi aprovado com unanimidade.

Quantas notas de R$ 200 vão circular no mercado?

De acordo com o Banco do Brasil, serão emitidas 450 milhões de cédulas de R$ 200 até o fim do ano.

Isso não quer dizer, porém, que o governo vai injetar mais dinheiro no mercado. O Banco Central disse que irá substituir algumas notas de R$ 100 pela cédula nova de R$ 200.

Quais são as desvantagens de ter uma nota de R$ 200?

Entre as principais críticas dos especialistas sobre a novidade é que a nova nota deve aumentar a corrupção.

Quem não lembra dos escândalos de políticos e doleiros que foram pegos com notas de R$ 100 espalhadas em meias e malas?

Na visão dos críticos, a nota de R$ 200 facilitaria o transporte de dinheiro ilegal em casos como esses e outros de lavagem de dinheiro.

Em resposta, o Banco Central disse que já possui mecanismos eficientes de combate e prevenção à lavagem de dinheiro funcionando hoje no País.

E aí, ansioso para receber sua primeira nota de R$ 200? Quem investe no CDB Neon tem mais chances de fazer o dinheiro render e, consequentemente, receber uma dessas notas em mãos mais cedo.

Veja mais sobre as vantagens do CDB Neon aqui 😉

Leia mais:

+ O que é o Banco Mundial e como ele funciona

+ O que é PIX: tudo sobre o novo sistema de pagamento instantâneo

+ Saiba o que é open banking e como ele chegou para facilitar a sua vida

Comentários