Logo_neon-degrade
ABRA SUA CONTA

Golpe do delivery: que fraude é essa e como se proteger?

Time Neon

O golpe do delivery virou notícia e segue fazendo cada vez mais vítimas nos apps de entrega de comida.

Se você não tomar cuidado, pode acabar caindo na conversa de um entregador golpista e pagando um valor mais de 100 vezes maior do que o registrado no aplicativo.

É isso mesmo: eles enganam você com maquininhas danificadas, telefonemas de falsas centrais e até histórias envolvendo acidentes com os motoboys.

Tudo para roubar o máximo de dinheiro possível da sua conta com um pretexto de “pagamento na hora”.

Se você quer se proteger do golpe do delivery, vamos apresentar as principais soluções a partir dos seguintes tópicos:

 

Quer saber mais?

Continue lendo e fuja dessa fraude no seu dia a dia.

O que é o golpe do delivery?

O golpe do delivery é um crime que surgiu com a popularização dos aplicativos de entrega de comida como iFood, Rappi e Uber Eats.

Segundo dados da CNDL/SPC Brasil, a porcentagem de internautas que realizaram pedidos de comida por delivery saltou de 30,4% em 2019 para 54,8% em 2021.

Esse crescimento foi suficiente para dar origem ao golpe que já fez inúmeras vítimas e tem sido noticiado com cada vez mais frequência.

De acordo com informações do Procon-São Paulo, os golpes desse tipo cresceram 186% em um ano, com mais de 200 registros nos apps iFood, Rappi e Uber Eats.

O prejuízo total dos consumidores já soma mais de R$ 1,3 milhão, e os bandidos chegaram a roubar mais de R$ 5 mil de algumas vítimas.

Alguns famosos também já caíram no golpe. A modelo Yasmin Brunet, por exemplo, perdeu R$ 7,9 mil após ser enganada por um entregador golpista.

Então, se você costuma fazer pedidos nesses aplicativos, é melhor ficar atento ao perigo.

Leia também: Crescimento de compras online e delivery: como você pode economizar

Como funciona o golpe do delivery

O golpe do delivery tem várias versões, que podem envolver maquininhas de cartão falsas, ligações do restaurante e contatos de centrais de atendimento fraudulentas.

Confira como funciona cada uma delas para se proteger dessa ameaça.

Maquininha de cartão danificada na entrega

O golpe do delivery mais comum de todos utiliza uma maquininha de cartão adulterada para roubar dinheiro das vítimas.

Logo, ele é aplicado quando você faz um pedido pelo aplicativo e escolhe a opção de pagar na entrega utilizando cartão de crédito ou débito.

O entregador golpista chega na sua casa com uma maquininha que está com o visor embaçado, impossibilitando que você veja o valor da compra.

Obviamente, ele joga uma conversa para que você não desconfie desse detalhe, mas, na verdade, foi ele mesmo que danificou a tela para esconder os números.

Se você digitar a senha mesmo assim, é provável que perca um bom dinheiro, pois o golpe consiste em inserir um valor muito maior com alguns zeros a mais — por exemplo, o que custava R$ 20 se torna R$ 2 mil.

Em vez de ir para o restaurante, esse valor é depositado diretamente na conta do golpista. Muitas vezes, ele também alega que a impressão do comprovante não está funcionando, para impedir que você reaja ao ver o valor impresso.

Compra já paga pelo app e cobrada novamente na entrega

Na versão do golpe para compras já pagas pelo app, o entregador tenta convencer você de que houve algum problema com o pagamento e você terá que refazê-lo na maquininha de cartão (a mesma do golpe clássico, com o visor danificado para esconder o valor).

Para isso, eles usam os mais diversos argumentos: o pagamento não foi processado e será estornado, o valor estava errado, o pagamento foi recusado pelo banco, etc.

Quando o cliente começa a desconfiar, o golpista faz sua última aposta e ameaça levar o pedido embora.

É nessa hora que muitos famintos de plantão acabam caindo na conversa e digitando a senha na maquininha falsa.

Por isso, os próprios aplicativos já avisam para não aceitar nenhuma cobrança na entrega quando você já tiver feito o pagamento prévio.

Ligação de cobrança do suposto restaurante

Essa é outra versão do golpe do delivery para casos em que o pedido já foi pago pelo app.

Geralmente, você recebe uma ligação do suposto restaurante solicitando os dados do seu cartão de crédito para o pagamento de alguma taxa ou valor que ficou faltando no aplicativo.

Esse tipo de contato também é usado nos golpes do entregador com a maquininha, para dar mais credibilidade ao erro do pagamento.

Como nas outras modalidades, se você acabar digitando sua senha ou fornecendo os dados do cartão, os golpistas passam um valor abusivo e saem no lucro.

Falso acidente do entregador

O golpe do delivery também tem sua versão de “história triste do entregador” para convencer as vítimas.

No caso, o suposto restaurante liga para o cliente dizendo que o entregador sofreu um acidente e que outra pessoa ficará responsável pela entrega.

Em alguns casos, a história ainda é confirmada com uma segunda ligação de uma central de atendimento falsa — perceba como eles investem para tornar tudo mais factível.

Logo depois, o entregador golpista chega com a mesma maquininha de sempre e cobra uma “taxa extra” pela entrega emergencial.

Nesse momento, muitos clientes sensibilizados com a história toda acabam fazendo o pagamento — mas a tal da taxa sai muito mais cara do que o imaginado.

Filmagem dos dados do cartão

Recentemente, viralizou na internet um vídeo que mostra um entregador filmando os dados do cartão de crédito de uma idosa durante o pagamento.

Ele liga a câmera do celular sem que a mulher perceba e grava os números da frente e verso do cartão de débito, enquanto distrai a cliente dizendo que está aguardando o sinal de satélite para fazer a cobrança.

Com esses dados, é provável que o golpista seja capaz de utilizar o cartão e roubar a vítima.

Manipulação do pedido pelo entregador

Um caso que ainda surpreende pela complexidade ocorreu dentro do aplicativo Rappi.

O influencer Hilário Junior teve seu pedido alterado pelo entregador no próprio app sem seu consentimento, após agendar um delivery em um supermercado.

O golpista adicionou vários itens a mais, aumentou a compra em R$ 230 e simplesmente foi embora com os produtos.

Ainda não está claro como o entregador fez as alterações, embora o app tenha enviado notificações sobre as mudanças no pedido — que Hilário não escutou porque deixou o celular no silencioso.

Logo, é mais uma versão do golpe do delivery para ficar atento.

O que fazer para se proteger desse tipo de golpe

Felizmente, você pode se proteger do golpe do delivery com algumas medidas simples.

Confira as mais importantes:

  • Prefira pagar pelo app e não aceite cobrança na entrega
  • Nunca use a maquininha com visor danificado
  • Confira sempre o valor na maquininha e comprovante
  • Nunca passe os dados do seu cartão por telefone ou app
  • Desconfie se o entregador solicitar algum valor extra
  • Fale imediatamente com o restaurante
  • Na dúvida, desista do pedido e peça reembolso

 

A seguir, explicaremos os detalhes de cada uma das dicas.

Prefira pagar pelo app e não aceite cobrança na entrega

É sempre mais seguro pagar suas compras previamente pelo app em um dos meios de pagamento oferecidos (cartão de crédito ou débito, Pix, carteiras digitais, etc.).

E claro: nunca aceite pagar novamente o valor na entrega ou cobrir alguma taxa extra devido a um suposto erro do restaurante.

Nunca use a maquininha com visor danificado

A maquininha de cartão com o visor danificado é a grande protagonista do golpe de delivery.

Os próprios golpistas usam um tipo de cola para embaçar a tela do aparelho e confundir você.

Então, a dica é simples: jamais aceite digitar sua senha em uma maquininha em que você não consegue enxergar o valor da compra.

Confira sempre o valor na maquininha e comprovante

Se você não tiver outra alternativa a não ser pagar com cartão na entrega, confira quantas vezes for preciso o valor da compra no visor e só digite sua senha na tela com asteriscos.

Tome cuidado também para não ter seu cartão filmado ou registrado de qualquer maneira.

Vale ainda pedir o comprovante impresso e levar o celular junto para ver a notificação da compra no app do banco.

Nunca passe os dados do seu cartão por telefone ou app

Isso vale para qualquer situação: em hipótese alguma passe os dados do seu cartão de crédito por telefone ou app, seja para quem for.

Um restaurante ou supermercado nunca vai solicitar número do cartão, validade e código de segurança, por exemplo, muito menos uma suposta “central de atendimento” do app.

Desconfie se o entregador solicitar algum valor extra

Se o entregador solicitar qualquer tipo de valor extra na entrega, recuse imediatamente.

Não faz nenhum sentido cobrar taxas adicionais de entrega ou mudar o valor depois do pagamento no app, pois os restaurantes já sabem de cor as condições das plataformas.

Fale imediatamente com o restaurante

Se você tiver qualquer desconfiança em relação ao entregador ou à maquininha, entre em contato com o restaurante para confirmar as informações.

Isso vale para os casos em que você já conhece o estabelecimento e confia na sua idoneidade.

Na dúvida, desista do pedido e peça reembolso

Não vale a pena tomar um prejuízo de três dígitos por causa de uma pizza, certo?

Então, se o entregador ameaçar levar seu pedido embora após uma recusa de pagamento, deixe ele ir e peça reembolso pelo aplicativo depois.

É melhor passar por esse inconveniente e ter que refazer o pedido em outro lugar do que acabar perdendo milhares de reais para um golpista.

Outros golpes financeiros para você ficar de olho

Aproveitando o tema do golpe do delivery, confira outras fraudes que merecem sua atenção:

  • Phishing e smishing: sites, lojas virtuais e links falsos que fisgam suas informações pessoais e dados de cartões de crédito;
  • Golpes do WhatsApp: clonagem de contas para pedir dinheiro a amigos e familiares, app espião que rouba dados financeiros e contas falsas;
  • Boleto falso: boleto de cobrança falso enviado por e-mail com título apelativo (por exemplo: “Oferta de quitação de dívida”);
  • Golpes do Pix: ligações, sites e links falsos que roubam dados do Pix;
  • Golpe do empréstimo: roubo de dinheiro das vítimas por meio de empréstimos falsos.

 

Veja também como evitar fraudes e golpes pela internet nas compras online.

 

E agora, ficou esperto com o golpe do delivery? Conta para a gente nos comentários se as dicas vão te ajudar. 😉

ilustração neon mulher cuidando do dinheiro com app

Cuide bem do seu dinheiro. Experimente o app Neon!

download app neon android
download app neon ios

Comentários