Logo_neon-degrade
ABRA SUA CONTA

O que são despesas fixas e como economizar com elas?

Ana Gabriela Graças

As despesas fixas são uma parte substancial do orçamento, por isso é importante aprender quais gastos são classificados dessa forma e o que fazer para economizar com eles.

Por isso, para te ajudar, aqui vamos mostrar:

 

Quer saber mais?

Então vem com a gente!

O que são despesas fixas

Despesas fixas são aquelas que se repetem todo mês no seu orçamento ou variam muito pouco, o que torna mais fácil fazer previsões no planejamento financeiro.

Mas quais são os custos fixos? Veja a seguir uma lista com exemplos:

  • Aluguel e condomínio
  • Plano de TV, internet e celular
  • Plano de saúde e plano odontológico
  • Prestações de empréstimos
  • Parcelas de financiamentos de imóveis e automóveis
  • Seguros (imóvel, veículo, celular, etc.)
  • Serviços por assinatura (Netflix, Spotify, Amazon, etc.)
  • Serviço de limpeza e lavanderia
  • Impostos fixos (exemplo: guia mensal do MEI e IPTU)
  • Mensalidade da faculdade, academia, curso, etc.
  • Clubes de assinatura (livros, vinhos, roupas, etc.)
  • Serviços de profissionais autônomos (professor particular, psicólogo, contador, etc.)
  • Tarifas de cartões e contas bancárias

 

Todos esses gastos são facilmente previsíveis e já constam mensalmente no seu plano financeiro, com pouca ou nenhuma variação.

Dessa forma, são mais fáceis de acompanhar e compõem a base do seu orçamento, mas não podem ser analisados sozinhos.

Qual a diferença entre despesas fixas e variáveis

Enquanto as despesas fixas variam muito pouco mês a mês, as variáveis oscilam mais e normalmente mudam conforme a frequência e intensidade do consumo.

É preciso ter atenção redobrada com esses gastos, pois eles são mais difíceis de prever.

Veja alguns exemplos de despesas variáveis:

  • Alimentação (supermercado, feira, açougue, quitanda, padaria, etc.)
  • Transporte público ou combustível do carro
  • Serviço de babá/diarista
  • Estacionamento
  • Farmácia (para quem toma medicação contínua)
  • Cuidados pessoais (produtos de higiene e ligados ao bem-estar)
  • Produtos de limpeza
  • Utilidades domésticas
  • Ração e produtos para pet em geral

 

Vale destacar que essas são consideradas despesas essenciais, pois também há as despesas supérfluas, como:

  • Passeios e viagens
  • Idas a restaurantes e bares
  • Ingressos de cinema, teatro e museu
  • Livros, assinaturas de jornais e outros periódicos
  • Produtos e serviços de beleza
  • Vestuário em geral
  • Delivery de comida
  • Serviços pay per view (PPV)
  • Objetos de decoração
  • Presentes
  • Serviços de apps como Uber, DogHero e Rappi

 

Essas são as despesas que podem ser reduzidas ou eliminadas caso haja necessidade, sem que a sua vida seja muito impactada por isso.

Veja aqui o que são gastos supérfluos e como cortar o que é desnecessário.

Por que é importante controlar as despesas fixas

Apesar de mais previsíveis, é fundamental manter as despesas fixas sempre mapeadas na sua organização financeira pessoal.

Dessa forma, você conseguirá entender melhor qual é o cenário das suas finanças e buscar por alternativas para reduzir os gastos que estão extrapolando o orçamento.

Além disso, ao conseguir arcar com todas os seus gastos fixos e variáveis, você poderá se programar para guardar o restante do dinheiro para montar a sua reserva de emergência.

Ela é importante para que você esteja preparado caso algum imprevisto aconteça, assim você tem em mãos o dinheiro necessário para arcar com as despesas fixas mesmo em cenários como esse.

baixar ebook reserva de emergência

Além disso, caso você já tenha sua reserva montada, o dinheiro pode ser guardado para você realizar os seus sonhos, como viajar, comprar um imóvel ou conquistar a tão sonhada independência financeira.

Dica: lembre-se que você não deve elevar o seu patamar de gastos caso passe a ganhar mais.

Foque em aumentar o montante guardado, assim você conseguirá alcançar as suas metas com mais rapidez e também estará preparado caso ocorra alguma redução no orçamento familiar.

Veja aqui como fazer um planejamento de metas de curto, médio e longo prazo.

Agora você pode estar se perguntando: “Mas como calcular meus gastos mensais?”

Para te ajudar nesse levantamento, você pode usar a planilha de gastos mensais da Neon, que inclusive já divide automaticamente suas despesas financeiras entre fixas e variáveis.

São duas versões gratuitas prontas para serem usadas, uma completa e uma simplificada, basta baixar a de sua preferência.

BAIXAR PLANILHA COMPLETA

BAIXAR PLANILHA SIMPLIFICADA

Ou seja, é o controle dessas despesas que permitirá que você faça um diagnóstico da sua situação financeira e tenha clareza sobre o que está comprometendo o seu orçamento mais do que deveria. 

Assim, você conseguirá economizar justamente com os pontos mais críticos e manter as suas finanças em ordem, o que nos leva ao próximo tópico.

5 dicas sobre como economizar com as despesas fixas

Estamos buscando constantemente soluções sobre como economizar dinheiro e a melhor forma para fazer isso é analisar as suas despesas fixas e variáveis para identificar o que pode ser reduzido ou eliminado.

É fato que existe um desafio a mais quanto se trata das despesas fixas, pois muitas delas estão diretamente relacionadas às necessidades básicas do orçamento familiar. De qualquer forma, ainda assim é possível recorrer a algumas alternativas.

Para facilitar o processo, crie uma classificação para todas as suas despesas, assim você conseguirá identificar com mais facilidade quais são os gastos fixos que de fato são essenciais e quais podem ser revistos quando for necessário economizar mais dinheiro.

Veja a seguir algumas dicas que poderão te ajudar.

1. Reveja seus planos de TV, internet e celular

Que tal começar avaliando se o que você paga atualmente por esses serviços é um preço justo ou se outra empresa concorrente tem um custo-benefício melhor?

Às vezes ficamos tão acostumados com a recorrência dos pagamentos que nem sequer nos damos conta de que talvez aquele valor já não faça tanto sentido.

Por isso, tire um tempo para ligar para as empresas e tentar renegociar os seus pacotes. Caso não consiga um preço melhor, não hesite em procurar outras operadoras que ofereçam o mesmo serviço por um valor mais atrativo.

2. Analise os serviços por assinatura

O pagamento recorrente de serviços por assinatura é um conforto no dia a dia e uma preocupação a menos, já que não é preciso ficar lembrando de datas de vencimento. Porém, pode acontecer de você estar pagando por algo que não usa mais.

Então, reveja tudo o que você gasta hoje, de serviços de streaming a clubes de assinatura, e seja sincero com você mesmo para eliminar o que não for mais necessário.

Viu como é importante ter um controle financeiro e anotar tudo o que sai do seu bolso? Assim fica muito mais fácil controlar esse tipo de despesa.

3. Troque o plano de saúde

O reajuste dos planos de saúde pesou no orçamento de todos, por isso é importante que você busque por alternativas que façam mais sentido para a sua realidade financeira hoje.

Essa despesa fixa é uma das mais altas, por isso deve ser analisada com cautela, até porque sabemos que o processo de troca pode ser um pouco mais complexo.

De qualquer forma, ainda assim é importante optar por opções que de fato caibam no seu orçamento.

Para te ajudar, aqui explicamos como escolher um plano de saúde.

4. Solicite a redução da taxa de juros do financiamento imobiliário

Sabia que é possível fazer esse procedimento? Se você está achando que os juros do seu contrato são abusivos e tem visto ofertas melhores no mercado, existem duas opções: tentar renegociar o financiamento com seu banco ou fazer a portabilidade do financiamento para outra instituição.

Desde 2012, a Lei Federal nº 27.703 garante o direito de portabilidade de financiamento imobiliário com o objetivo de reduzir os juros e adequar a dívida à capacidade de pagamento.

Veja aqui o passo a passo sobre como solicitar a redução da taxa de juros do financiamento imobiliário.

5. Pare de pagar tarifas de cartões e contas bancárias

Se as taxas de bancos e cartões ainda estão entre as suas despesas fixas, está na hora de acabar com isso. A conta Neon, por exemplo, é gratuita e você não paga nem pela abertura nem pela manutenção e encerramento.

Além disso, o nosso cartão de crédito não tem anuidade e as transferências também não são cobradas. Ficou interessado? Abra a sua conta digital agora mesmo!

ABRA SUA CONTA NEON

 

Quer mais dicas? Veja aqui como economizar em casa e reduzir os seus custos.

Aproveita e conta para a gente nos comentários o que achou das explicações sobre o que são despesas fixas e como economizar com elas.

ilustração neon mulher cuidando do dinheiro com app

Cuide bem do seu dinheiro. Experimente o app Neon!

download app neon android
download app neon ios

Comentários