Logo_neon-degrade
ABRA SUA CONTA

Como pedir aumento de salário ao chefe

Mariana Lima

Você está trabalhando na mesma empresa há alguns meses e sente que o seu trabalho impactou positivamente no negócio nesse período, mas acha que o dinheiro que você recebe não está acompanhando esse esforço? Talvez esteja na hora de pedir aumento de salário.

Eu sei, eu sei. Ter que negociar dinheiro não é algo fácil pra a maioria das pessoas. Falar sobre esse assunto ainda é, infelizmente, um tabu na nossa sociedade. Mas é possível mudar alguns hábitos e posturas para melhorar a sua relação com esse assunto!

Para te ajudar, vamos enumerar algumas questões que você deve pensar antes de pedir um aumento, como você deve abordar o seu chefe e o que é aconselhável falar ou não na “hora h”.

Lembramos que não há uma fórmula secreta para você pedir aumento de salário. As dicas servem para você se preparar para que esse momento aconteça de forma tranquila e sem grandes traumas 😉

Vamos nessa?

Como pedir aumento de salário

Você está insatisfeito com a sua remuneração. Já entendemos isso. E é bem capaz de o seu chefe também já ter percebido. Mas antes de pedir aumento, você precisa fazer uma análise do seu trabalho.

4 coisas para fazer antes de pedir aumento

Ok, mas como faz esse tipo de autoanálise?

Há várias formas. Uma simples consiste em pegar um papel e listar todos os projetos que você participou recentemente, como você desempenhou o seu trabalho nesse período e o que poderia ter feito de melhor.

Depois, é hora de ser autocrítico. Olhando para o seu desempenho, se você fosse o chefe, como avaliaria o trabalho dessa pessoa? Ela está sendo pouco valorizada? Se a resposta for “não” ou “não sei” talvez seja melhor adiar os planos e focar nos esforços futuros. Mas se a sua resposta for “sim” está na hora de adotar alguns passos:

1. Prepare seus argumentos

O seu pedido de aumento precisa ser baseado no seu desempenho na empresa e em como isso teve um impacto positivo para os resultados da companhia.

Levante as metas da empresa que você ajudou a bater, os projetos que você se destacou e as vezes que você prestou serviços além do que era esperado para o seu cargo.

Por outro lado, deixe para lá questões pessoais como: gastos com mudança de casa, festas de casamento etc. Dificilmente a empresa vai se compadecer com as suas necessidades pessoais se você não está indo bem com as suas tarefas.

2. Saiba quanto vale o seu trabalho

É muito importante você ter essa informação, independentemente se irá pedir aumento de salário ou não.

Para você ter noção se está ou não sendo valorizado é preciso ter claro quanto vale o seu trabalho. Essa informação está disponível tanto em sites especializados de comparação de salário quanto conversando com os colegas de profissão.

Não tenha vergonha de tocar no assunto!

3. Cheque as diferentes responsabilidades dos cargos

Se você é Júnior e está mirando no cargo de Pleno, por exemplo, não se esqueça que para além do aumento de salário haverá também maiores responsabilidades.

Antes de você sair pedindo para crescer na empresa se certifique que você realmente quer ter as atribuições que o novo cargo propõe. Afinal, não será possível a empresa subir seu cargo e te delegar igual ou menos responsabilidades.

Pesquise as atribuições do novo cargo e converse com colegas de trabalho que já estão nessa função para tirar suas dúvidas. Depois, mapeie como seria o seu dia e o nível de responsabilidade que você teria.

Se estiver disposto a assumir o novo posto, se prepare para a conversa com o chefe. Caso contrário, deixe para os próximos meses.

4. Escolha o momento propício para abordar o chefe

Sabe aquele dia que o seu chefe está cheio de reuniões e que ele mal teve tempo de almoçar? Pois é, esse é o dia clássico para não pedir aumento de salário.

O assunto é delicado tanto para você quanto para o seu chefe, então escolha um dia mais calmo, um horário menos tumultuado e marque a reunião em um local mais reservado.

Se isso não for possível, não se preocupe. O cenário ideal não é determinante para você conseguir o aumento, só tende a deixar o clima menos tenso que o habitual. Foque nos argumentos e puxe o assunto!

O que falar durante o pedido de aumento

Agora que você já se preparou e o chamou para o bate-papo está na hora de saber como se portar nessa situação. Veja algumas dicas:

1. Seja objetivo e claro

Evite ser prolixo durante o bate-papo. Se você já sinalizou para o seu chefe o assunto, vá direto ao ponto.

Apresente seus argumentos, mostre como você impactou nos resultados da empresa e como sua remuneração está abaixo do mercado. Seja firme, mas sem ser grosseiro ou passar do ponto. É um momento de negociação.

Por fim, sugira um valor de aumento. Normalmente, os reajustes salariais ficam na faixa de 5% a 20%. Mire nessa possibilidade e aguarde o posicionamento do chefe.

2. Esteja pronto pra negociar

Não é porque você apresentou todos os seus pontos que o seu chefe vai concordar totalmente com eles.

É possível que vocês dois tenham pontos de vista diferentes sobre o seu desempenho e sobre o quanto e se você deve receber um aumento.

Sugira o valor e espere o posicionamento dele. Muito provavelmente esse assunto será discutido ainda com o departamento de recursos humanos ou com o financeiro da empresa – ou ambos!

Espere uma resposta em um prazo médio de 15 dias. Depois disso, pergunte para o chefe se ele já tem uma resposta.

3. Não faça chantagem

A pior estratégia possível para você pedir aumento será chantagear seu chefe. Além de ser uma prática ruim que poderá comprometer sua imagem como profissional, o tiro pode sair pela culatra e o seu chefe ficar mais chateado com você do que empolgado para te dar um aumento.

A situação será pior se você não tiver nenhuma proposta real. Seu chefe vai saber que você mentiu e isso pode se virar contra você não só nesse emprego, mas nos futuros locais que você trabalhará.

Pedi aumento de salário pro meu chefe e agora?

Pronto, a conversa aconteceu. Antes que a ansiedade bata forte em você, é preciso lembrar de algumas coisas:

1. Se prepare para o não

Pode ser que o seu chefe não concorde com os seus pontos ou que a empresa não tenha condições de te dar um reajuste salarial agora. Independente do motivo, lembre-se que você pode receber um belo “não” como resposta.

Nesse caso, você terá algumas opções: a primeira delas é colocar em prática o feedback que o seu chefe te dará sobre seu trabalho. É preciso se dedicar mais nas suas tarefas? Aprender novas coisas? Encarar novos desafios? Tudo será bom para o seu crescimento!

A segunda opção é procurar emprego. Se você não concordar com o posicionamento dele e ainda assim achar que precisa ser valorizado, comece a procurar novas oportunidades no mercado de trabalho.

2. Saiba lidar com a situação

Se você recebeu o aumento, parabéns! É hora de se dedicar ao máximo pra deixar claro que você estava certo em seus argumentos e preparado para assumir novas responsabilidades!

Mas se a resposta foi “não agora” tente não ficar frustrado. Trabalhe para melhorar seu desempenho e crescer como profissional.

Independentemente do valor do seu salário, o importante é cuidar bem do seu dinheiro sempre!

Com a Neon você pode começar a investir seu dinheiro a partir de R$ 10 com CDB Neon. Você contrata pelo próprio app, com rendimento maior do que a poupança e você pode sacar quando quiser – inclusive nos fins de semana e fora do horário de expediente bancário.

E aí, criou coragem para chamar o chefe pra conversar? Fala pra gente como foi nos comentários! 😉

Leia mais:

+ Reajuste do salário mínimo: o que você tem a ver com isso?

+ Como organizar as contas para realizar um sonho em 2020

Comentários