Logo_neon-degrade
ABRA SUA CONTA

Como economizar dinheiro com alimentação?

Larissa Chinaglia

Atualizado em 20 de setembro de 2021

Após pouco mais de um ano de pandemia, o preço dos alimentos cresceu 15% no país, quase o triplo da taxa oficial da inflação do mesmo período, segundo o IBGE (Instituto Brasileiro de Geografia e Estatística).

Com isso, a busca por como economizar dinheiro com alimentação se tornou muito necessária.

Você deve ter notado essa diferença de preço nas idas aos mercados e as feiras, não é mesmo? No momento, estamos observando os seguintes aumentos nos preços dos grupos de alimentos:

  • Cereais e leguminosas = + 57,8%
  • Óleos e gorduras = + 55,9%
  • Tubérculos, raízes e legumes = + 31,6%
  • Carnes = + 29,5%
  • Frutas = + 27%
  • Hortaliças e verduras = + 23,3%
  • Carnes e peixes industrializados = + 16,3%
  • Leites e derivados = + 15,4%
  • Aves e ovos = + 13,2%
  • Enlatados e conservas = + 13,1%
  • Açúcares e derivados = + 10,1%

 

Alguns alimentos ganharam ainda mais destaque quando o assunto é aumento de preço.

O óleo chegou a custar 88% a mais, o arroz aumentou 69,8%, a batata ficou quase 48% mais cara e o leite longa vida teve seu preço 20,5% maior.

Considerando uma realidade em que o salário mínimo é de R$ 1.100, o destino de boa parte do orçamento acaba sendo a alimentação. Então, com o aumento dos preços dos produtos, cada real economizado pode fazer muita diferença dentro de casa.

Por isso, aqui vamos explicar como economizar dinheiro com alimentação com 11 dicas. Para facilitar sua leitura, navegue pelos tópicos:

  1. Evite compras no 5º dia útil
  2. Faça uma lista de compras
  3. Pesquise o lugar mais barato e busque por cupons
  4. Crie um limite para ser gasto com alimentação
  5. Faça escolhas inteligentes de alimentos
  6. Exercite sua criatividade na cozinha
  7. Compre no atacado e divida com sua família
  8. Congele
  9. Consuma todo o alimento
  10. Saiba economizar na feira
  11. Economize nos aplicativos de comida

 

Ao longo da leitura, você aprenderá como economizar dinheiro no supermercado, nas compras da feira e até mesmo nas compras por aplicativo. E mais: saberá também como evitar o desperdício de alimentos.

Confira!

11 dicas sobre como economizar dinheiro com alimentação

1. Evite compras no 5º dia útil

Boa parte das pessoas recebe o salário no quinto dia útil do mês — e os mercados sabem disso. Ou seja, os preços tendem a aumentar nesse período. Em contrapartida, os últimos dez dias do mês costumam ter promoções mais interessantes.

Assim, uma das primeiras dicas para economizar no supermercado é: faça compras em dias estratégicos, priorizando a última semana do mês.

2. Faça uma lista de compras

Dos criadores de “Não vá ao supermercado com fome” vem aí “Cadê minha lista de compras?”

Ir às compras sem foco sempre faz com que você gaste mais do que deveria. É um chocolate em promoção aqui, uma vontade de beliscar ali, e a nota fiscal saiu muito acima do esperado.

Por isso, se você quiser gastar menos no mercado tenha foco nas suas compras. Observe tudo que já tem no seu armário e pesquise receitas para esses alimentos. Somente depois faça sua lista de compras.

3. Pesquise o lugar mais barato e busque por cupons

Alguns mercados têm clubes de descontos, você só precisa fazer um cadastro que costuma ser bem simples. Essa dica por si só já ajuda a economizar um bom valor no final do mês.

Além disso, acompanhar as redes sociais dos seus mercados favoritos também pode te mostrar bons cupons de desconto, é sempre bom ficar atento!

Agora, se você tiver tempo, o ideal é pesquisar. Procure panfletos dos supermercados (inclusive alguns enviam pelo WhatsApp!), ande toda a feira em busca da barraca mais barata e só depois de procurar bem finalize suas compras.

Comprar uma parte da sua lista em cada mercado também ajuda bastante, já que as promoções costumam ser diferentes.

4. Crie um limite para ser gasto com alimentação

Ao definir um valor para ser gasto com comida, você precisará fazer outras adaptações. Com o aumento dos preços, alguns alimentos que você costumava comprar antes precisarão ser substituídos.

O importante é você manter o valor que você gastava antes com compras de alimentos, mas fazer escolhas mais inteligentes na hora de colocar no carrinho, o que nos leva à próxima dica.

5. Faça escolhas inteligentes de alimentos

Você quer compras frutas e arroz, por exemplo? Sabendo o que você quer comprar, você precisa fazer escolhas inteligentes.

Frutas, verduras e legumes são mais baratos se estiverem nas suas respectivas épocas. Por isso, se seu objetivo é comprar “fruta”, escolha as mais em conta ou simplesmente faça uma pesquisa sobre quais são as frutas da época.

Já com o arroz, será que você precisa comprar aquela marca de sempre? Você pode testar marcas mais baratas e até mesmo a marca do próprio supermercado, que costuma ter um bom custo benefício.

Ah, e em alguns lugares é possível comprar a granel, então fique atento pois os preços costumam ser mais vantajosos.

6. Exercite sua criatividade na cozinha

Isso mesmo, a criatividade pode inovar sua vida financeira e você precisará exercitar a sua na cozinha para economizar.

Ser uma pessoa criativa na cozinha implica em:

  • Saber reaproveitar alimentos que estão quase vencendo
  • Criar pratos com alimentos substitutos
  • Aproveitar o alimento por completo
  • Desenvolver pratos diferentes com as “sobras” do dia anterior

 

Com um pouco treino, maratonas de vídeos do YouTube e uma dose de fome você conseguirá criar pratos incríveis e deliciosos. E o melhor: economizar com comida.

7. Compre no atacado e divida com sua família

Comprar no atacado pode ser bastante vantajoso para sua família, mas cuidado com o desperdício! Para evitar compras por impulso que não trarão economia para sua casa, é importante que você divida suas compras.

Comprar cinco pacotes de feijão pode ser muito para você em um mês, agora dois para você, dois para sua irmã e um para seu primo pode ser uma boa economia.

Dica: escolha uma pessoa da sua família para realizar as compras, depois faça a divisão dos produtos e valores, e finalizem com o pagamento via Pix.

8. Congele

Viu uma promoção e acabou comprando mais unidades para aproveitar, depois percebeu que comprou mais alimentos do que precisava e alguns estão estragando? Não se atentou e comprou todos os alimentos maduros? Calma, congele.

Você pode congelar praticamente tudo, sabia? De legumes a pães. Alguns alimentos vão precisar de uma atenção especial nessa hora, como os legumes que algumas vezes precisam passar pela técnica do branqueamento.

De qualquer forma, congelar alimentos é uma ótima forma de evitar o desperdiço. Porém, cuidado com um erro bastante comum: esquecer os alimentos congelados é desperdício (além de perda de tempo)!

Por isso, priorize usar o que está congelado antes de fazer novas compras. Também sinalize com etiquetas para não perder a validade desses produtos e identificar com mais facilidade o que está congelado.

9. Consuma todo o alimento

Isso inclui as cascas? Sim! E as sementes? Também.

“’Carne’ de casca de banana” é possível e delicioso (sério, pode confiar). Além disso, sementes podem ser usadas para complementar ou até mesmo substituir a granola do café da manhã.

E claro, esses são apenas alguns exemplos. Você pode pesquisar diferentes receitas e aprender como é possível aproveitar cada pedaço de alimento que hoje você está jogando no lixo.

10. Saiba economizar na feira

Optar pela feira já é buscar mais economia, mas você pode ir além:

  • Veja todas as barracas, pois a diferença de preço pode ser grande
  • Vá no horário da xepa ou o mais tarde que conseguir
  • Compre alimentos da época
  • Negocie com o feirante
  • Guarde a mandioquinha e a cenoura em potes com água
  • Não deixe alimentos maduros próximos de outros, principalmente a banana
  • Guarde na geladeira os mais maduros assim que chegar da feira
  • Lave as folhas, seque e guarde com um papel toalha entre uma e outra

 

Aqui cabe mais uma dica: compre apenas o essencial. Se você está acostumado com as compras em mercados, pode achar a feita muito barata e acabar levando mais do que o necessário. Lembre-se que desperdício não é economizar.

11. Economize nos aplicativos de comida

O melhor para economizar com alimentação é cozinhar em casa, mas tem dias que a correria vence, não é mesmo?

Então como economizar com aplicativos de comida, como o Ifood?

  • Confira as ofertas da página principal
  • Use cupons
  • Filtre por entrega grátis
  • Aproveite programas de fidelidade
  • Indique o aplicativo para amigos
  • Escolha apenas um dia para pedir comida
  • Evite comprar sexta, sábado e domingo

 

Economizar na alimentação pode ser uma aventura divertida para sua família. Juntos vocês vão poder exercitar a criatividade e experimentar novos sabores.

Gostou do conteúdo? Você pode gostar também de 5 dicas para economizar em casa e reduzir seus custos.

ilustração neon mulher cuidando do dinheiro com app

Cuide bem do seu dinheiro. Experimente o app Neon!

download app neon android
download app neon ios

Comentários