Logo_neon-degrade
ABRA SUA CONTA

6 dicas para aumentar o score e melhorar a pontuação do CPF

Time Neon

Atualizado em 01 de julho de 2021

Todos nós temos uma pontuação (também chamada de “score”) nos birôs de crédito, a qual é consultada quando solicitamos um crédito em uma instituição financeira, seja um cartão, um empréstimo ou um financiamento.

Veja aqui tudo o que você precisa saber sobre empréstimos.

Por isso, é importante entender como aumentar o score do CPF para você ser visto como um bom pagador e tenha mais chances de conseguir a aprovação do crédito — inclusive do cartão de crédito Neon.

Para te ajudar, aqui vamos explicar:

 

Preparado para descobrir como aumentar o score?

Vem com a gente e confira tudo o que você precisa saber a respeito do assunto!

O que é score do CPF?

Artes Artigo E4.1

Antes de mais nada, vamos entender o que é score: score é uma palavra em inglês que significa “pontuação”. Quando falamos em score de crédito, é a pontuação que todo CPF tem nos principais birôs de crédito e que serve como referência para um crédito ser concedido a alguém ou não.

Como qualquer crédito é uma concessão de dinheiro, as empresas precisam ter uma referência para saber se quem está solicitando o montante consegue arcar com a despesa.

Todas as informações que são usadas como referência para o score são obtidas por meio do CPF e o histórico desses dados fica armazenado nos principais birôs de crédito do Brasil, como Serasa e Boa Vista SCPC.

Para saber mais, no vídeo abaixo do Serasa você confere o que é o Serasa Score:

 

Em resumo, tal pontuação indica para as instituições financeiras se uma pessoa pode honrar com seus compromissos financeiros.

Para que serve o score?

O score nada mais é do que um reflexo de todas as suas movimentações financeiras. Quando uma instituição precisa decidir se concede ou não o crédito para uma pessoa, ela não tem como saber se o solicitante é um bom pagador ou não.

Dessa forma, a solução é consultar o score do CPF para entender melhor qual é o risco de conceder o crédito.

Por isso é importante manter a pontuação alta para aumentar as chances de conseguir ter acesso a bons serviços financeiros.

Então, é possível dizer que o score protege as empresas e também possibilita que os bons pagadores consigam melhores negociações de crédito.

Além disso, o score estimula boas práticas financeiras, pois é preciso ter uma boa organização das finanças e preservar hábitos saudáveis para alcançar pontuações maiores e reduzir o risco de inadimplência.

baixar ebook organização financeira do zero

Como funciona o score de crédito ou pontuação de crédito?

O Serasa, principal referência entre os birôs de crédito do Brasil, utiliza quatro faixas de pontuação do score, as quais são categorizadas por cores:

  • 0 a 300 pontos (vermelho): risco alto de inadimplência
  • 300 a 600 pontos (laranja): risco médio de inadimplência
  • 600 a 800 (amarelo): risco intermediário de inadimplência
  • 800 a 1000 (verde): risco baixo de inadimplência

 

“Qual pontuação de score é boa?”, você pode estar se perguntando.

Um bom score é aquele entre 600 e 800 pontos, pois mostra que você já tem um perfil financeiro com um risco menor.

A próxima e última faixa é mais difícil de ser alcançada, por isso não há problema em estar na categoria amarela.

Já um score baixo é aquele que está entre 0 e 300 pontos e tem alto risco de inadimplência, o que dificulta o acesso ao crédito. Caso ele seja concedido, terá taxas de juros mais altas.

Mas quais fatores influenciam essas pontuações e fazem uma pessoa passar de uma faixa para a outra? Basicamente, os principais são:

  • Dados cadastrais atualizados na plataforma
  • Histórico de pagamento de dívidas dentro ou fora do prazo
  • Volume de dívidas e pendências financeiras no CPF
  • Movimentações financeiras no mercado
  • Uso do limite do cartão de crédito
  • Histórico de solicitações de crédito (cartões, empréstimos e financiamentos)
  • Utilização de serviços financeiros
  • Pagamento de contas em dia ou não

 

Quanto mais você deixar suas contas em dia, preservar o hábito de poupar dinheiro e evitar solicitar crédito, maiores serão as chances de você passar de um nível para o outro, ter um CPF com score alto e ser visto como um bom pagador com baixo risco de inadimplência no mercado

Como consultar o score do CPF?

Para consultar o score do CPF, basta entrar no site do Serasa ou Boa Vista SCPC (ambas gratuitas), inserir seu CPF, fazer um cadastro e criar uma senha para acessar o sistema sempre que você quiser.

Depois, é só digitar o seu CPF e sua senha, e pronto! Sua pontuação do score já será mostrada na primeira tela.

Qualquer pessoa pode checar a sua própria pontuação e consultá-la regularmente para saber se ela está boa ou não. Dessa forma, poderá agir rapidamente para aumentar o score, caso seja necessário.

Porém, é importante reforçar que não é possível consultar o score do CPF de outras pessoas, pois essa informação é altamente sigilosa. Apenas as instituições bancárias e empresas que concedem crédito podem fazer essa consulta.

Importante! Sempre mantenha suas informações cadastrais atualizadas, principalmente o endereço. Esses dados também são relevantes para a construção do seu score, então regularmente verifique se tudo está correto.

Por que é importante aumentar o score?

Artes Artigo E4.2
Ter um bom perfil de crédito é importante não apenas para ter a aprovação de um cartão de crédito, mas principalmente para ter acesso a bons serviços financeiros e mais facilidade na hora de realizar os seus sonhos, como financiar um imóvel, por exemplo.

Além disso, com um score alto é possível conseguir melhores taxas para empréstimos, cartões de crédito com limites mais altos e mais credibilidade em bancos e empresas.

Outro ponto importante é frisar que não são só bancos e financeiras que consultam o score.

Quando alguma empresa faz sua análise de crédito, ela busca te dar uma pontuação, a qual indica a probabilidade de você pagar em dia por aquilo que você está comprando.

Normalmente, você ouve falar do score de duas empresas: o Serasa e a Boa Vista SCPC. O que pode te fazer pensar que, se você está com score alto nessas duas empresas, seu crédito está garantido, né? Mas não é só isso.

Essas são duas empresas fornecedoras do serviço de análise de crédito, mas elas não são as únicas. Aliás, para te conceder crédito, uma empresa não necessariamente precisa consultar o Serasa e a Boa Vista SCPC.

Geralmente, os bancos e financeiras usam as informações destas empresas como base, mas também têm setores de crédito interno e fazem seus próprios scores.

Por isso é tão importante que você saiba como aumentar o score e melhorar o seu perfil de crédito e é isso que mostraremos a seguir.

6 dicas para aumentar o score e ter mais chances de conseguir crédito

Se você quer saber como aumentar o score, separamos 6 dicas que te ajudarão nessa tarefa:

Artes Artigo E4.3

Veja a seguir os detalhes de cada uma das dicas sobre como aumentar a pontuação do CPF!

1. Mantenha seus dados cadastrais sempre atualizados

Quanto mais transparente você é, mais fácil fica confiar em você, concorda? As empresas que concedem crédito concordam.

Então, a primeira dica é manter suas informações atualizadas. Se as suas contas estiverem registradas em endereços diferentes, por exemplo, como as instituições financeiras vão saber com exatidão onde você mora?

Por isso, sempre que possível verifique se seus dados estão corretos nos birôs de crédito para que não ocorra nenhum equívoco.

2. Preserve bons hábitos financeiros

Essa segunda dica talvez seja a mais importante de todas sobre como melhorar o score: para ter um score alto é fundamental ter práticas financeiras saudáveis. São elas que evidenciam se você é um bom ou mau pagador, tenha você nome sujo ou não.

Para isso, alguns hábitos financeiros positivos são:

  • Pagar todas as contas em dia
  • Ter poucas ou nenhuma dívida em seu nome
  • Não usar o cheque especial
  • Caso você tenha cartão de crédito, não usar todo o limite disponível
  • Parcelar compras o menos possível
  • Evitar ao máximo solicitar crédito
  • Ter uma boa organização financeira

 

Outra dica importante é não comprometer mais de 30% da sua renda com dívidas. Como todas as suas informações financeiras estão vinculadas ao seu CPF, os birôs de crédito conseguem cruzar os dados e identificar qual a sua renda e quais os valores das suas dívidas.

Se você precisa de ajuda para organizar seu orçamento e começar a criar bons hábitos financeiros, você pode usar uma planilha de gastos mensais para isso.

A boa notícia é que nós já temos uma planilha gratuita pronta para ser usada.

planilha de gastos mensais-Jun-17-2021-08-38-23-94-PM

São duas versões, uma completa e uma simplificada, basta baixar a que você preferir.

BAIXAR PLANILHA COMPLETA

BAIXAR PLANILHA SIMPLIFICADA

3. Limpe seu nome assim que possível

Se você tem contas atrasadas, dívidas pendentes e nome negativado, é mais complicado conseguir uma pontuação boa nos birôs de crédito.

Por isso, o próximo passo após organizar suas finanças e encontrar alternativas para quitar suas dívidas assim que possível e limpar o seu nome.

Entre em contato com os seus credores, tente conseguir um empréstimo com juros menores, faça um dinheiro extra, enfim, tudo é válido para reverter esse cenário.

Confira 6 passos sobre como limpar o nome.

4. Se você já tem um cartão de crédito, use menos o limite e faça poucos parcelamentos

Se você usa todo o seu limite todo mês, pode parecer que você não gerencia suas finanças direito e sempre precisa de crédito para fazer as contas fecharem.

Por isso, caso você já tenha um cartão de crédito, faça o possível para não usar o limite máximo — melhor ainda se conseguir utilizar apenas 30% dele.

Lembre-se que o cartão deve ser um aliado e não o responsável por criar mais dívidas para você.

Outra dica é parcelar poucas compras, pois isso também mostrará que você tem um maior controle financeiro e sabe administrar bem suas finanças.

Veja aqui quando vale a pena comprar parcelado no cartão de crédito.

5. Mantenha um bom histórico de pagamentos

Seja rigoroso com as contas que estão no seu CPF e pague todas em dia. Não precisa pagar adiantado, basta pagar no dia do vencimento e quitar as pendências a tempo.

Se você ainda não tiver um histórico de pagamentos, crie o seu. Essa dica vale principalmente se você está começando sua "vida financeira" agora, está no primeiro emprego e ainda não tem muitos registros de que você é um bom pagador.

Mas como fazer isso? Passe algumas contas para o seu CPF (e pague tudo em dia, claro). Vale a conta de energia e água de casa, aluguel, conta do celular, conta da internet, o que for.

O importante é que elas estejam vinculadas ao seu CPF e sejam pagas até o vencimento.

6. Inscreva-se no Cadastro Positivo

Empresas como Serasa e Boa Vista SCPC têm o serviço de Cadastro Positivo, o qual pode ser um bom indicador a seu favor.

Mesmo se você tem algo atrasado e está lutando para colocar em dia, o Cadastro Positivo pode mostrar que você está pagando as suas outras contas no prazo e somar pontos para o aumentar o score.

Basicamente, com o Cadastro Positivo as instituições financeiras informam aos birôs de crédito qual é o seu histórico de pagamentos, mostrando quais contas foram quitadas em dia e também dívidas já liquidadas.

Ao poucos, cada vez mais fontes serão incluídas para contribuir com o Cadastro Positivo e a expectativa é que dados sobre pagamento de contas como água, luz, telefone e compras no varejo, por exemplo, também sejam adicionados.

Temos um artigo completo explicando o que é Cadastro Positivo e como funciona.

 

Para finalizar, é importante lembrar que o score considera principalmente as movimentações financeiras que aconteceram nos últimos 12 meses.

Então, tenha paciência no começo caso demore para alguma mudança significativa acontecer na sua pontuação.

 

O que achou das dicas sobre como aumentar o score e melhorar suas chances de ter um crédito aprovado? Conta para a gente nos comentários!

ilustração neon mulher cuidando do dinheiro com app

Cuide bem do seu dinheiro. Experimente o app Neon!

download app neon android
download app neon ios

Comentários